Novidades da Aperam

Aperam terá sete trabalhos apresentados no maior evento mundial sobre corrosão

Durante a 21ª edição do ICC Congress, profissionais destacarão aplicações e atributos dos aços inoxidáveis da companhia

A 21ª edição do ICC – International Corrosion Congress, maior evento internacional sobre corrosão, realizada entre os dias 20 e 23 de julho, reunirá pesquisadores, engenheiros, consultores, profissionais dos mais variados setores e estudantes de diversos países ligados ao assunto. A Aperam South America estará representada neste seleto fórum com sete trabalhos voltados à cadeia de aços inoxidáveis, de um total de 20 estudos sobre este tema, selecionados para serem apresentados no evento. O status reafirma a condição da companhia de estar na vanguarda do setor de aço, por meio de suas soluções de alta resistência oferecidas ao mercado.

Esta será a segunda edição do ICC no Brasil, a primeira 100% on-line, devido às restrições impostas pela crise sanitária. O formato foi um desafio a mais para as equipes que apresentam seus estudos, uma vez que a interação com os demais participantes, desta vez, se dará por meio de chats.  As visitas aos estandes das empresas apoiadoras, como a Aperam, serão virtuais.

Wilian Labiapari, coordenador da equipe de Pesquisa em Aço Inox da Aperam apresentará palestra técnico-comercial sobre tribocorrosão – estudo simultâneo de desgaste e corrosão. 

“Hoje, o tema é discutido por estudiosos ligados à bioengenharia, como aplicações em bioimplantes, por exemplo. Nossa proposta é expor os desenvolvimentos para além dessa área. Vou apresentar estudos com aplicações diversas de tribocorrosão elaborados pela Aperam, com aços inoxidáveis, com uso em mercados como mineração, concreto e agronegócio. Trata-se de uma nova abordagem para o aço inox no Brasil, uma mostra de que a Aperam está à frente no que se refere às aplicações com tribocorrosão ”, adianta.

Adolfo Kalergis Viana, gerente do Controle de Processos da Laminação a Frio de Inox da Aperam, apresentará cinco trabalhos. O estudo “Comparativo da estabilidade termodinâmica dos aços inoxidáveis 410M, 304 e do aço-carbono 1010 em solução diluída de sulfato de sódio”, em parceria com o  Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT-SP, maior instituto de pesquisas do Brasil), tem como objetivo avaliar os limites técnicos (até qual pH e teor de cloretos) do aço 410M, que possui menor custo, em solução aquosa. “Essa solução aquosa representa de forma geral alguns meios encontrados no agronegócio, mineração e construção civil. É uma alternativa para aumentar o ciclo de vida de produtos e/ou aplicações com um aço de menor custo em comparação ao tradicional 304”, explica.

O segundo, intitulado “Ligas de aços inoxidáveis como alternativa técnica a revestimentos industriais em ambientes corrosivos no setor elétrico” é um trabalho do Centro de Pesquisas do Sistema Eletrobrás (CEPEL), em parceria com a Aperam. “Testamos alguns aços inoxidáveis para aplicação em ambiente marinho (que é muito corrosivo), nos sistemas de refrigeração de usinas nucleares”, revela Viana.

Ele também assina dois trabalhos, inseridos na programação do ICC, envolvendo o Endur 300, novo aço do portfólio Aperam. Ambos avaliam a resistência do Endur 300, em comparação ao 410D, aço que deu origem ao Endur. Os estudos foram realizados em parceria com Walney Araújo, professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e consultor técnico de diversas empresas ligadas ao setor de corrosão.

Já o estudo que compara o desempenho do aço 430 Aperam ante o aço 410BA importado, é um trabalho interno do Centro de Pesquisas e da Área de Assistência Técnica da Aperam (CMDT) juntamente com o apoio de Lucio Bailo, gerente da assistência técnica. “Todos esses aços testados estão na estratégia de negócios da Aperam. Apresentar os estudos que os envolve em um evento tão relevante quanto o ICC, é essencial para divulgar estrategicamente o potencial técnico desses aços”, destaca o gerente.

O setor de transportes também é um mercado explorado com sucesso pela Aperam. Tanto que um dos ensaios levados ao ICC mostrará uma análise comparativa da resistência à corrosão em vagões metroferroviários com aços inoxidáveis encruados (301LN). O trabalho foi desenvolvido em conjunto com Wilian Labiapari, coordenador do Centro de Pesquisas, Tiago Lima, engenheiro de aplicação e Lucio Bailo, gerente de assistência técnica.

“Esse estudo foi realizado em conjunto com o Centro de Pesquisa da Aperam, que vislumbrava a caracterização do aço para essa aplicação crítica, pois trata-se de transporte de pessoas. Fizemos um comparativo entre três ligas da mesma família de aço a fim de avaliar o melhor desempenho entre elas”, ressalta Lima.

Prêmio Aperam

Durante esta edição do ICC – International Corrosion Congress, a Aperam concederá um prêmio ao melhor artigo oral, relacionado ao aço inoxidável. O vencedor receberá da empresa um certificado e um troféu em aço inox.

Exposição de Tecnologias

Em paralelo ao Congresso será realizada a 38ª Exposição de Tecnologias para Prevenção e Controle da Corrosão. Os participantes terão oportunidade de conhecer produtos e serviços das empresas mais relevantes do setor.

Serviço:

21ª edição do ICC – International Corrosion Congress

De 20 a 23 de julho

Mais informações em: https://abraco.org.br/icc-congress2021/

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin