fbpx

Novidades da Aperam

O inox nos laticínios

No Brasil, a indústria dos laticínios está entre as que mais movimentam a economia e o aço inoxidável é o grande aliado na produção do leite e seus derivados. Além de possuir as propriedades ideais para garantir a segurança alimentar e manutenção dos sabores originais dos alimentos, o fato de ser lavável e a vantagem econômica gerada pela resistência à corrosão tornam o material a melhor escolha para diversas etapas do processo.

Conheça algumas dessas aplicações:

 

Pasteurização: para o resfriamento de produtos como leite, iogurte e manteiga, a neutralidade química e biológica do inox aparece como grande aliada. O material, que possui acabamento superficial com baixa rugosidade, também é a opção ideal para se evitar a proliferação de bactérias.

 

Trocadores de calor: a produção de queijos e manteigas demandam altas temperaturas (elas podem chegar aos 130 graus) e os trocadores de calor utilizados nesse processo tendem a ser feitos de um velho conhecido: o aço inoxidável. O material é escolhido por atender aos requisitos sanitários demandados e também por permitir fácil inspeção.

 

Ultrafiltragem: a presença de bactérias, coalhos, proteínas e sais demanda a inclusão de equipamentos de ultrafiltragem no processo produtivo de queijos, visando à purificação do alimento. Os racks em aço inoxidável são uma escolha usual para esse processo, especialmente pela alta resistência à corrosão.

 

– Maturação: tanques limpos e esterilizados são peças fundamentais dos laticínios e a realização dos procedimentos de limpeza costumam acarretar grandes pressões. O inox é escolhido para essa finalidade pela grande resistência à deformação mecânica que possui, eliminando os riscos de vazamentos.

 

Empacotamento: o processo de embalagem do leite e seus derivados é feito com máximo cuidado, uma vez que os equipamentos utilizados não podem passar cheiro ou mudar o gosto dos produtos, por exemplo. Nesse processo, o inox é a melhor opção, uma vez que assegura que as propriedades originais desses alimentos sejam mantidas.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.