fbpx

Novidades da Aperam

Instituto do Inox inicia turma do curso de soldagem TIG e acabamento de aços inoxidáveis

Na última segunda-feira (9), o Instituto do Inox, em parceria com a Fundação Aperam Acesita, deu início às aulas do curso de Soldagem TIG e acabamento dos aços inoxidáveis. Com foco na profissionalização e capacitação dos participantes, o curso é uma boa opção para quem deseja se especializar na área do inox e se tornar um empreendedor.

Essa oportunidade foi reconhecida pelo engenheiro civil, Bruno Barbosa, que veio de Belo Horizonte para realizar o curso de 40 horas. “Sou formado em engenharia civil, mas vi no curso uma oportunidade de ampliar meus saberes e me especializar em outra área. Assim, aumento minhas possibilidades de atuação no mercado de trabalho”, destacou.

Com o curso de soldagem TIG e acabamento dos aços inoxidáveis, o Instituto do Inox deu início às suas atividades deste ano, que devem ser incrementadas com outras iniciativas focadas em capacitação para empregabilidade do inox. De acordo com o coordenador de projetos da Fundação Aperam Acesita, Fabiano Sousa Araújo, existem várias oportunidades para quem deseja atuar nesta área.

Existe uma carência por profissionais habilitados na soldagem, acabamento  e conformação dos aços inoxidáveis, o que motiva o Instituto do Inox a investir em cursos profissionalizantes para fomentar a geração de emprego e renda. “Somos o único centro de qualificação no Brasil que oferece esse tipo de capacitação. O aço inox é moderno, bonito, prático, versátil, funcional, resistente, reciclável e oferece um crescente desempenho excepcional em diversas aplicações. Esta evolução gera oportunidades para os profissionais atuarem no setor de inox,” enfatiza Fabiano.

A turma do curso de Soldagem TIG intensivo de 40 horas termina nesta sexta-feira (13), na próxima semana inicia outra turma de Soldagem TIG, de 100 horas, que  será oferecido pelo Instituto até o mês de maio. A capacitação se baseia na teoria e prática de soldagem TIG em chapas e tubos em aços inoxidáveis com espessuras entre 0,6 a 1,2 mm, e aborda a regulagem e operação de máquinas de solda, equipamentos de corte e dobra, além da utilização correta de insumos e máquinas rotativas para acabamentos polido e escovado.

O engenheiro civil, Bruno Barbosa, veio de Belo Horizonte para realizar o curso de 40 horas
Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.