fbpx

Novidades da Aperam

Comunidade do Celeste recebe o projeto Mobilizar Bem

A Fundação Aperam Acesita em parceria com o  Sistema Faemg/Senar Minas realizou na última semana o DRP – Diagnóstico Rápido Participativo na Comunidade do Celeste, a iniciativa faz parte do projeto Mobilizar Bem. A proposta é capacitar os mobilizadores das Entidades Cooperadas para melhor qualificar a demanda do mercado de trabalho rural, buscando levantar as necessidades das comunidades rurais e dessa forma otimizar a aplicação dos recursos financeiros para realização de eventos.

O Mobilizar Bem irá otimizar o ciclo do processo de descentralização do planejamento e vai buscar o aprimoramento, atualização e eficiência na mobilização, com destaque na entrega de melhores produtos e serviços para os clientes do Sistema, como explica a mobilizadora do Senar e coordenadora de projetos da Fundação Aperam Acesita, Juliana Jácome.

Segundo a coordenadora, o envolvimento dos mobilizadores é de grande importância para o sucesso da iniciativa. Juliana ainda ressalta, que por meio do Mobilizar Bem, as entidades cooperadas vão se planejar com maior participação dos produtores e comunidades rurais e, a partir daí, elaborar o plano de trabalho de mobilização com foco na relevância e reciprocidade.

“O Mobilizar Bem é uma importante ferramenta para dar sequência ao trabalho realizado. Confio que seja a chance levantar demandas de forma participativa, onde as comunidades identificam suas prioridades e nós, podemos atender de maneira assertiva seus anseios”, destacou Juliana. 

Multiplicadores

O diagnóstico envolveu as comunidades do Celeste, Licuri e Petrópolis, e contou com 26 participantes. Marlene, da Comunidade do Celeste e da Associação dos Agricultores do Córrego do Celeste, avaliou a iniciativa como positiva. “Por meio da Fundação e do Senar é que hoje podemos trabalhar em prol da nossa família. O Mobilizar Bem é mais uma ferramenta de apoio no desenvolvimento do nosso trabalho, fortalecendo nosso grupo”, conta. 

Ainda de acordo com Marlene, o grupo irá trabalhar como multiplicadores na região, levando orientações e tirando as dúvidas dos colegas.  “Os treinamentos serão de maior relevância para os produtores, pois são eles que vão definir as prioridades, através das necessidades levantadas”, disse.

A presidente da Agrifat, Silmara da Silva Ferreira, também participou da DRP. Para ela, o momento foi de grande importância, uma vez que em grupo, eles tiraram dúvidas e aproveitaram para trocar experiências e informações de suas realidades no campo. “Foi um momento de troca, onde a Fundação e o Senar tiveram a oportunidade de ouvir e entender as nossas demandas. Para nós, isso é de grande valia, pois efetiva ainda mais as capacitações que recebemos”, finaliza. 

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu