fbpx

Novidades da Aperam

Aperam reforça medidas internas de proteção aos empregados

Empresa adotou diversas iniciativas em todas as suas unidades

Desde a última semana, quando o risco de disseminação do novo coronavírus se intensificou em todo o país, a Aperam vêm adotando diversas medidas preventivas emergenciais para proteger seus empregados, parceiros e comunidade.

Nesse período, a empresa colocou em prática um amplo plano interno de contingência e prevenção que consiste no afastamento de empregados com sintomas de gripe e resfriado, mesmo que leves.

Equipes que podem desempenhar seu trabalho de forma remota foram direcionadas para o home office, principalmente as equipes administrativas de todas as unidades, gestantes e outras pessoas em situação de risco (doenças crônicas ou com idade superior a 60 anos). As pessoas em home office – tanto empregados como terceiros –  receberam uma cartilha com um treinamento específico sobre este modelo de trabalho, incluindo orientações de como proteger a as famílias adotando atitudes de prevenção em casa.

Além de medidas internas de afastamento social e limpeza regular das áreas comuns, com contratação de 30 novos empregados para essa função, a fim de preservar aqueles que seguem desempenhando suas atividades na indústria. Um novo espaço de refeitório foi aberto e instaurado sistema de rodízio respeitando limite de pessoas nesse ambiente, além de espaço de pelo menos um metro entre elas.

Entre as medidas externas, foram suspensas viagens, reuniões e entrada de visitantes, além de implantação de sistema de triagem no terminal de cargas com medição digital de temperatura dos ocupantes dos veículos.

Todas as ações tomadas pela empresa seguem as orientações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS) e vem sendo amplamente reforçadas junto aos empregados. “Acreditamos que a prevenção e conscientização tem um papel importante nesse momento e por isso temos tomado amplas medidas internas que garantam a segurança e bem estar dos nossos empregados, não só quando estão dentro da empresa, mas também que se estendam ao seu âmbito pessoal” explica o presidente da empresa, Frederico Ayres Lima.

A atividade operacional exercida pela Aperam é considerada essencial para sobrevivência da economia da região e uma possível suspensão das atividades poderá implicar também uma parada da usina que fabrica os gases fornecidos aos hospitais da região e que são essenciais para funcionamento das UTI´s.- paradas não programadas podem significar custos incompatíveis com a continuidade do negócio. “Devemos buscar a manutenção das atividades visando atenuar os inevitáveis impactos econômicos que toda a economia e sociedade sofrerá”, ressalta Ayres.

Ampliamos a segurança de empregados que desempenham as atividades essenciais na empresa, buscando de todas as formas evitar e minimizar o contato entre as pessoas na área operacional.

A Aperam também está atenta à saúde mental de toda a sua equipe e tem orientado as lideranças a manterem a comunicação constante com as equipes, além de orientações periódicas, no intuito de auxiliar as pessoas a passarem por este momento sem precedentes na nossa história.

Até o momento não há registro de casos confirmados entre os empregados da Aperam e a empresa segue acompanhando atentamente e de perto o cenário regional e nacional para basear suas ações

Confira as principais medidas tomadas pela Aperam:

    • A diretoria da Empresa está pessoalmente envolvida e compõem os comitês de crise criados para atuação em todas as frentes. As reuniões dos comitês diariamente;
    • As portarias da empresa foram bloqueadas para todos os visitantes – fornecedores externos, visitantes, entre outros;
    • Iniciamos a medição de temperatura em caminhoneiros que normalmente vem de outras localidades – aqueles com febre são impedidos de entrarem na Empresa;
    • Suspendemos imediatamente todas as viagens nacionais e internacionais;
    • Alteramos o horário de expediente para evitar horários de pico do transporte público;
    • Adequamos o atendimento nos restaurantes, disponibilizando outros locais e garantindo o máximo de assepsia e distância entre as pessoas. O serviço tem funcionado por escalas de atendimento para evitar que muitas pessoas estejam no local ao mesmo tempo. A Aperam também tomou uma série de medidas preventivas nos restaurantes como embalagem dos talheres individualmente, das frutas e lanches, isolamento das mesas, marcação de distância nas filas, entre outros.
    • Orientamos aos empregados em retorno de período de férias a se apresentarem no posto médico antes de retomarem suas atividades para avaliação das condições de saúde;
    • Estamos orientando a higienização constante dos equipamentos – foi disponibilizado material especial para este fim;
    • Assim que um empregado relatar sintomas, ou relatar que uma pessoa de sua convivência apresentou sintomas, é direcionado imediatamente ao posto médico para que sejam tomadas as medidas protetivas;
    • Todos os veículos de comunicação interna com o Empregado, como: TV Aperam, WhatsApp, e a intranet  estão sendo atualizados diariamente e utilizados com o objetivo de levar o máximo de orientações de prevenção a todos.
Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu