Novidades da Aperam

A hora e a vez do inox na mineração

26/02/2018

Tem novidade no ramo da mineração! Dando sequência aos esforços da Aperam South America para ampliar a utilização do aço inoxidável neste segmento, um desenvolvimento inédito acaba de ser concluído pela Empresa: são as peneiras de classificação de minério, que ganharam versões em aço inoxidável 410. As peças estão sendo testadas em uma mineradora parceira da Aperam.

Tradicionalmente fabricadas em aço carbono ou poliuretano (PU), as peneiras de classificação de minério tradicionais duram pouco, em razão do ambiente úmido e abrasivo em que são utilizadas. O desgaste é acentuado pelo movimento vibratório das peças e pela presença de materiais como pedras e areia, que danificam rapidamente a área de peneiramento e, muitas vezes, causam até mesmo o rompimento das peças.

O aço inoxidável 410 é um aliado das mineradoras nesse processo. Mais resistente, garante o aumento da durabilidade das peneiras. Outro ganho resulta da redução da espessura das peças alcançada pela Aperam, demandando um menor consumo energético para a movimentação das peneiras. As paradas para manutenção também deverão ser drasticamente reduzidas.

Em campo

Os testes acabam de ser iniciados e um acompanhamento próximo será realizado pela Aperam South America para avaliar o desempenho do material.

As perspectivas, no entanto, já são animadoras: custando cerca de três vezes mais que as peneiras em aço carbono, o modelo em aço inoxidável deverá ter uma resistência pelo menos cinco vezes maior que esta.

“Em um ambiente agressivo como o da mineração, o aço inoxidável chega para trazer ganhos para as empresas, reduzindo os custos e aumentando a competitividade. Ao desenvolver um produto inédito no setor, como é o caso das peneiras de classificação de minério, buscamos quebrar paradigmas e estimular cada vez mais o uso do material neste segmento”, destaca Tiago da Silva Lima, engenheiro de aplicação da Aperam South America.

Compartilhar: