Aço inoxidável 410

26/02/2018

Resistência à corrosão e à abrasão, com a consequente melhora do desempenho dos equipamentos. Essas características do aço inoxidável 410 (nomenclatura internacional DIN EN 1.4003) fazem com que ele seja o modelo ideal para a aplicação no setor da mineração. Trata-se de um dos primeiros tipos de aço inoxidável desenvolvidos pela Aperam, em fabricação na Usina de Timóteo desde 2000.

Sua composição química, com baixo teor de carbono e adições de cromo e níquel, garante boa soldabilidade. Já a estrutura ferrítica desse aço resulta em grande maleabilidade, permitindo que ele seja facilmente dobrado, cortado e conformado.

Outro destaque fica por conta do seu baixo custo, dentro da cadeia de aços especiais, que o torna a opção ideal para a substituição de materiais como o aço carbono, largamente utilizados no segmento de mineração.

Não por acaso, ele também é a escolha indicada para a aplicação no setor sucroalcooleiro – que, assim como a mineração, apresenta um ambiente com alta umidade e desgaste.

Em ambientes litorâneos, no entanto, que apresentam problemas excessivos de corrosão, os mais indicados são aços inoxidáveis como o 316 e o 444, por apresentarem molibdênio em sua composição química.

Para conferir a ficha técnica completa do aço inoxidável 410, com a descrição de toda a sua composição química e de suas propriedades mecânicas, acesse a Biblioteca Técnica da Aperam clicando aqui!         

 

Quer saber mais sobre as oportunidades de aplicação do aço inoxidável na mineração? Confira abaixo o vídeo elaborado pela Aperam e conheça os resultados obtidos pela utilização do material em chapas expandidas e protetores de separadores magnéticos de média intensidade.

Compartilhar: