Revista Espaço

Voluntários em ação

Programa Voluntariado Aperam passa por renovação com o objetivo de ampliar a participação dos empregados nas atividades de voluntariado

A dinâmica social e corporativa exige atualização constante de processos e produtos e isso também se aplica ao universo do investimento social privado. Programas e projetos sociais precisam ser revistos, de tempos em tempos, buscando adaptar-se às novas realidades. O programa Voluntariado Aperam, por exemplo, que existe há 15 anos, está passando por uma revitalização. A coordenadora de projetos, Vera Lopes Antunes, explica a mudança: “É preciso considerar novos arranjos e estratégias para continuar avançando”.

Inicialmente, está sendo criado um comitê de empregados, com representantes de diversas áreas, para que o programa reflita a diversidade de públicos, perfis e habilidades existentes na Empresa. “Esse comitê passa a ter o papel de articular, de pensar estrategicamente, de elaborar o planejamento, o monitoramento e a avaliação das ações que serão desenvolvidas”, afirma.

Em breve, as ações definidas pelo Comitê serão apresentadas aos empregados, por meio de uma campanha interna destinada a estimular o engajamento.

O levantamento de demandas piloto, feito com três instituições – Casa Lar, Instituto Ágape e Lar das Meninas Jesus de Nazaré – que acolhem crianças e adolescentes, em Timóteo, permitiu a definição de três categorias de atuação para o voluntário: trabalho individual, em grupo e grandes mobilizações. À medida em que as iniciativas ganharem consistência e amadurecimento, o programa poderá ser estendido para outras entidades. “Temos como meta disseminar a cultura do voluntariado, que consiste na doação de tempo, trabalho e talento”, explica Vera.

Neste final de ano, os voluntários já estão se mobilizando para a campanha Natal Solidário. Crianças atendidas pelas creches e instituições de acolhimento de Timóteo serão apadrinhadas pelos empregados com a doação de um brinquedo. “Nosso objetivo é contribuir com a melhoria da qualidade no atendimento das pessoas por meio das diversas iniciativas sociais em nossa comunidade, mas sabemos que com a prática do voluntariado todos ganham: comunidade, empregados e Empresa. O trabalho solidário, através de atividades sociais, propicia maior facilidade de engajamento, integração e motivação”, diz.


Tradição que se renova

Nos dias 17 e 18 de dezembro, às 21h, a Fundação Aperam Acesita volta a ser palco da Cantata de Natal que, na sua 22ª edição, marca o encerramento do ano com mensagens de alegria e esperança. Os empregados, familiares e comunidade poderão celebrar o Natal ao som dos dois coros da Aperam, e conferir a iluminação e decoração especial. O ensaio final também será aberto ao público e está marcado para as 21h, no dia 16.

Compartilhar: