Revista Espaço

Compromisso renovado com a natureza

23

Redeir e equipe da Utilidades: na Aperam, a água é tratada com todo respeito

Com projetos inovadores, a Aperam reduz em 22% o volume de água captada no Rio Piracicaba

No seu desafio diário e permanente de contribuir para a preservação dos recursos naturais, em todas as suas atividades operacionais, a Aperam está investindo em projetos que visam à redução do volume diário de água captada no Rio Piracicaba. O gerente da área de Utilidades, Redeir Magela de Oliveira, conta que a crise hídrica do ano passado serviu para reforçar ainda mais o compromisso da Empresa tanto em elevar o percentual de recirculação da água quanto o de reduzir a captação. “Até hoje, o Rio Piracicaba não se recuperou totalmente. Historicamente, o volume está ainda bem abaixo do ideal”, avalia.

Nos últimos seis meses, a Aperam empreendeu esforços que resultaram na redução total de 450 m³/h do volume total captado, que caiu de 1980 para 1530 m³/h. Entre os projetos e iniciativas, os destaques são a troca das bombas/motores com inversor na Estação de Tratamento de Água (ETA), a reforma dos filtros de areia do lingotamento continuo sistematizado, a instalação do dessuperaquecedor no VOD2, na Aciaria e a adequação da torre de refrigeração da central de ar 1.

O gerente explica que os inversores desempenham um papel importante no controle da velocidade da bomba. “Assim, o equipamento não capta água em excesso e nem em falta. “Só a sistematização do processo de troca do leito filtrante no lingotamento contínuo, antes que entre em modo falha, evitou perdas de 125 m³/h”, acrescenta.

Com um índice de recirculação de água superior a 95% e próximo a 96%, a Aperam conta com a contribuição de todos os empregados para ampliar o alcance das suas iniciativas e multiplicar os benefícios para a comunidade. “Dos operadores à alta administração, todos estão comprometidos com a preservação hídrica e podem dar suas sugestões e contribuições que aperfeiçoem os nossos processos”, afirma o gerente.


Projetos futuros

Recirculação da água de granulação da escória, nos Alto-Fornos 1 e 2.

Reaproveitamento da água da Estação de Tratamento de Efluentes.

Montagem do sistema de filtragem nas águas da Laminação de Tiras a Quente.

Compartilhar: