Revista Espaço

Trilha do conhecimento

Oikós é referência para educação e lazer na região

12

Em funcionamento há pouco mais de duas décadas, o Centro de Educação Ambiental Oikós tem contribuído para que a comunidade do Vale do Aço possa desfrutar de conhecimento e lazer.

Salas de aula, equipamentos alternativos de aprendizagem e trilhas ecológicas pela Mata Atlântica são alguns dos atrativos que atendem a um público anual de mais de 10 mil visitantes. Além de servir como espaço de contemplação e contato com a natureza, o Oikós tem potencial pedagógico multidisciplinar. “Não são apenas os conhecimentos de biologia e geografia a serem explorados; as atividades no centro podem orientar a construção de um cidadão mais conectado ao meio em que vive”, observa Juliana Jácome, coordenadora de projetos da Fundação.

Na Escola Estadual Getúlio Vargas, a diretora Kátia Freitas concorda com essa ideia. Em 2015, a instituição participou das visitas monitoradas no Oikós, levando 140 crianças com idades entre seis e dez anos. “Não é toda cidade que tem um local como esse. Um espaço rico que nos auxilia a orientar os adultos do futuro a conviverem de forma sustentável”, afirma.

Em 2015, idosos visitaram o local por meio do projeto “Faculdade com a melhor idade”, criado pela Faculdade Única e executado por estudantes de psicologia e fonoaudiologia. “Unimos acesso à informação e lazer. A proposta do projeto é favorecer o envelhecimento ativo e participativo; e o Oikós proporcionou a abordagem de temas como lixo, reciclagem e meio ambiente”, explica Luciana Ulhôa, coordenadora do núcleo de extensão.

pag12_oikos_elvira-nascimento-2

Oikós recebe 10 mil pessoas por ano

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.