Revista Espaço

Comunidades fortalecidas

Novos projetos nos Vales do Aço e do Jequitinhonha recebem recursos do Programa de Desenvolvimento de Comunidades

20

AAPIVER, no Vale do Jequitinhonha, receberá recursos para construção de nova unidade

Melhorias nas condições de trabalho para os catadores de materiais recicláveis de Timóteo, no Vale do Aço, e estruturação de unidade de processamento de mel em Veredinha, no Vale do Jequitinhonha, são os benefícios esperados com a implantação de projetos aprovados para 2011 pelo Programa de Desenvolvimento de Comunidades da Fundação Aperam Acesita.

Para a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Timóteo (Ascati) serão duas iniciativas que preveem avanços no processo de operacionalização do galpão, com a compra de uma prensa de material plástico, fragmentador de papel, elevador de carga, e a criação de novos mecanismos para capacitação dos associados. “As medidas visam a aumentar a capacidade de produção e devem elevar em até 5% o faturamento da Associação”, destaca Neide Morais, coordenadora de Projetos da Fundação Aperam Acesita.

No Vale do Jequitinhonha, a Fundação destinou à Associação dos Apicultores de Veredinha (AAPIVER) recursos para a construção da Casa do Mel, unidade de beneficiamento e processamento de produtos apícolas no município. A iniciativa qualifica a cadeia produtiva e contribui para o aumento da renda de 60 famílias de apicultores do município. “Apoiar e fortalecer a apicultura no Vale do Jequitinhonha significa exercer o papel de fomentador da geração de renda nas comunidades e ser parceiro efetivo do crescimento do capital social nesta região. Especificamente em Veredinha, encontramos na AAPIVER terreno fértil para a vivência dos princípios de desenvolvimento de base”, ressalta Salete Silva, também coordenadora de projetos da Fundação Aperam Acesita.


Ainda está em fase de aprovação o projeto que prevê a construção de poço artesiano e instalação de aquecimento solar na Fazenda Recanto Sol Nascente, da Associação Clínica de Recuperação de Toxicômanos e Alcoólatras (Clirec), em Timóteo. A entidade abriga 40 jovens e adultos em tratamento de dependência química. “Esse projeto vai ao encontro da proposta de incentivar ações dentro do conceito de consumo consciente e sustentabilidade”, avalia Salete.

A Aperam South America mantém o compromisso com a valorização das comunidades em que está inserida  exercendo o papel de corresponsável pelo desenvolvimento da sociedade. O Programa de Desenvolvimento de Comunidades apoia projetos de melhoria da qualidade de ensino, conscientização ambiental, promoção social e geração de renda nas comunidades da região.

Compartilhar: