Revista Espaço

Qualificação contínua

Ao completar 57 anos em 2010, o Programa Aprendiz de Ofício registrou número recorde de inscrições para a edição de 2011. No total, 1.005 jovens de 17 e 18 anos se inscreveram para participar dos cursos de Mecânica Geral e Eletroeletrônica, que procuram atender a uma demanda crescente por mão de obra operacional qualificada no Vale do Aço e criar oportunidades para jovens das comunidades onde a Empresa atua. São 54 vagas disponíveis. A nova turma começa suas atividades em fevereiro.

Utilizando a infraestrutura do Centro de Formação Profissional da ArcelorMittal Inox Brasil, que conta com laboratórios, material didático e corpo docente qualificado, os cursos englobam aulas teóricas de fevereiro a dezembro e, em seguida, seis meses de estágio na Usina, onde os alunos têm a oportunidade de adquirir experiência aplicando os conhecimentos na prática. Aspectos comportamentais, como postura no trabalho e comunicação, também são abordados nas aulas para completar a formação dos aprendizes. “Os números são significativos. Em 2009, 84% dos formandos foram aproveitados pela própria Empresa ou por prestadores de serviços”, informa Lucimar Aparecida dos Reis Gomes, analista de Recursos Humanos.

9

Estágio na Usina é uma das etapas do programa

Além de contribuir para a educação profissionalizante e a geração de renda na região, a iniciativa é importante para a sustentabilidade do negócio, garantindo a formação de profissionais para os quadros da Empresa. “O Programa é completo, pois qualifica a mão de obra local, prepara jovens para o mercado de trabalho e cria a possibilidade de reter esses talentos”, destaca Lucimar.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.