Revista Espaço

Inox ainda mais forte

Possível desmembramento do segmento traz novas oportunidades para a Empresa

Estratégias mais focadas, maior visibilidade e o mesmo objetivo: se destacar no mercado e crescer cada vez mais. O estudo realizado pelo Grupo ArcelorMittal para avaliar o desmembramento do segmento inox dos negócios de aço carbono e mineração ainda não está concluído mas, se concretizado o processo, a implementação trará grandes oportunidades para a ArcelorMittal Inox Brasil.

Como empresa autônoma, o segmento inox poderá participar de forma mais efetiva do desenvolvimento global da indústria do aço inoxidável, com foco exclusivo na própria atuação e no crescimento futuro, bem como na criação adicional de valor para todas as partes interessadas. Também será possível financiar as atividades e o crescimento da Empresa por meio do acesso direto aos mercados de capitais.

A iniciativa do Grupo em promover o estudo ainda revela a satisfação dos acionistas com os resultados do segmento. “Nosso desempenho foi melhor do que o dos competidores durante a crise e isto é resultado da nossa velocidade e acerto na implementação das ações, associado, como sempre, ao forte engajamento de todos os empregados”, ressaltou o CEO do Segmento Inox Jean Yves Gilet. Além do mais, o CEO do Grupo, Lakshmi Mittal expressa sua confiança no futuro do negócio inox ao anunciar que a família Mittal continuará sendo seu maior acionista.

O Grupo possui mais seis plantas industriais na Bélgica, Brasil e França, além de uma rede de Distribuição, Centros de Serviços e Transformação, com liderança na Europa e América do Sul e com presença mundial.


CEO Inox

O CEO do segmento Inox do Grupo ArcelorMittal, Jean-Yves Gilet, anunciou a saída da Empresa para assumir novos desafios. A partir de setembro, ele assume a posição de diretor-geral do Fundo Estratégico de Investimento Francês, o FSI. Até o fechamento desta edição da Revista Espaço, não foi divulgado o nome do novo CEO. Ele terá a missão de dar sequência à trajetória de crescimento do Segmento Inox e liderar o desmembramento estratégico do negócio inox, caso o estudo em curso seja aprovado pelo Grupo.

Compartilhar: