Revista Espaço

Saúde e Segurança

Protegida contra incêndios

21

Leônidas e Magda checam a infraestrutura de água da empresa

A ArcelorMittal Inox Brasil ficará ainda mais segura contra o fogo. Um novo sistema de proteção está sendo implantado na unidade de Timóteo e contará com mecanismos de detecção, alarme e combate a incêndios. O projeto de Infraestrutura de Água, bem como o Plano Diretor de Proteção Contra Incêndio, já foi validado por empresas especializadas de forma a assegurar a conformidade com a NFPA (National Fire Protection Association – Associação Nacional de Proteção a Incêndios) e a atender as diretrizes do Grupo ArcelorMittal. O objetivo é reduzir os impactos de um possível acidente causado por incêndios.

A infraestrutura de água contará com uma nova rede de distribuição de hidrantes, um reservatório com capacidade para 1365 m³ e um sistema de bombeamento, todos dedicados exclusivamente ao combate de incêndios. “A montagem dessa nova infraestrutura começou em setembro de 2009 e será concluída até outubro”, informa Leônidas Martins Bicalho, coordenador dos projetos de infraestrutura da gerência de Engenharia de Projetos.

A segunda etapa do projeto, prevista para iniciar em 2011, compreende a continuidade de instalação dos sistemas de detecção, alarme e combate a incêndio e proteções passivas nos equipamentos definidos como prioritários pelas gerências de Produção e de Monitoramento da Gestão de Risco Operacional da Usina.

“A implantação do projeto aumentará a confiabilidade da planta, contribuindo para a segurança operacional”, garante Magda de Menezes, assessora de Gerenciamento de Risco Operacional.


Livre do fogo

O combate ao fogo na ArcelorMittal Inox Brasil conta com duas frentes. A proteção ativa contempla a rápida detecção do incêndio, o alerta para desocupação e as ações de combate com segurança. É constituída por equipamentos e sistemas que precisam ser acionados, manual ou automaticamente, para funcionarem, como extintores e detectores de fumaça.

Já a passiva é constituída por meios de proteção, incorporados a equipamentos e edificações, que não requerem nenhum tipo de acionamento para funcionar, como porta corta-fogo e revestimentos que retardam a atuação das chamas.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.