Revista Espaço

Interação produtiva

Parceria com empresas do Grupo na República Tcheca contribuem para aprimorar o negócio

8

Engenheiros da ArcelorMittal Inox Brasil estiveram na República Tcheca, em visita técnica à ArcelorMittal Ostrava

A ArcelorMittal Inox Brasil está exportando know how para a República Tcheca. Depois da visita técnica feita pela equipe de trabalho da ArcelorMittal Inox Brasil formada por engenheiros da gerência de Laminação a Quente, até o final do ano representantes da ArcelorMittal Ostrava visitarão Timóteo para conhecer os processos de produção da Usina. O objetivo é otimizar as práticas adotadas na planta européia, especialista em bens como bobina, chapas e laminados a quente, e torná-la ainda mais produtiva. Aspectos como desempenho, qualidade, produção e possibilidade de investimentos foram analisados pela equipe de trabalho da ArcelorMittal Inox Brasil. De acordo com Fausto Vilela, engenheiro assistente da Laminação a Quente, a Empresa está provendo uma consultoria à unidade da República Tcheca. “A visita à Timóteo faz parte de um processo que vem sendo desenvolvido desde o fim de 2009”, revela. A equipe brasileira estima que a planta estrangeira tenha capacidade de redução no custo de produção anual de 5,5 milhões de euros.

Laminação a frio

9

Equipe da ArcelorMittal Fridek Mistek esteve na Usina, em Timóteo

Duas únicas empresas do grupo ArcelorMittal detentoras da tecnologia de laminação a frio de aços elétricos grão orientado (GO), ArcelorMittal Fridek Mistek e ArcelorMittal Inox Brasil também iniciaram uma cooperação técnica em busca de melhores práticas e do fortalecimento de tecnologias. O trabalho teve início em novembro, quando a ArcelorMittal Fridek Mistek solicitou apoio em um projeto de melhoria da qualidade do revestimento em seu processo produtivo.

A interação gerou a oportunidade de troca de informações e o início de um processo comparativo por meio de uma ferramenta do Grupo, o GTB – Global Technical Benchmark. “Identificamos diversas práticas que já podem ser utilizadas por ambas as empresas e tantas outras melhorias potenciais a serem estudadas”, lembra Paulo César Glerian, assistente técnico da Metalurgia de Aços.

Este ano, a ArcelorMittal Inox Brasil recebeu a equipe técnica da Fridek Mistek para tratar de informações sobre qualidade do produto, redução de custos, desempenho de equipamentos e padrão técnico-operacional. Para a continuidade do trabalho, estão previstas missões semestrais, ora no Brasil, ora na República Tcheca. “A parceria proporcionará melhorias do produto GO para os clientes de todo Grupo ArcelorMittal”, reforça o engenheiro de Processo Riva Ultimo Moreira.

Pesquisadora, Carolina Cesconetto Silveira avalia o projeto como um desafio grande, mas totalmente possível. “O processo produtivo da ArcelorMittal Fridek Mistek é diferente do que utilizamos para a fabricação do GO na Usina. Entretanto, estamos muito confiantes, pois o Centro de Pesquisa é muito bem equipado e contamos com profissionais competentes”, ressalta.

Compartilhar: