Revista Espaço

O veículo do futuro, no presente

ArcelorMittal Inox Brasil já está pronta para fornecer aços elétricos GNO para aplicação em carros híbridos

9

No exterior, algumas montadoras já comercializam carros híbridos

Estima-se que 2,4 milhões de carros híbridos estarão em circulação no mundo até 2012. Nos Estados Unidos, os modelos mais procurados têm listas de espera de até seis meses. Cada vez mais ágeis, econômicos e confortáveis, os carros híbridos vêm conquistando espaço no mercado internacional em função de uma outra característica ainda mais importante: seu desempenho ambiental. Sempre atenta às tendências e oportunidades de mercado, a ArcelorMittal Inox Brasil desenvolveu aços elétricos destinados a essa aplicação e, em janeiro, enviou amostras para testes em montadoras que já dominam essa tecnologia.

As experiências industriais com aço elétrico de grão não-orientado (GNO) para motores de carros híbridos culminaram com a laminação industrial, em dezembro, de um lote que apresentou excelentes propriedades magnéticas. “Para atender aos requisitos de perda magnética para aplicação em carros híbridos, o aço precisa ter espessura reduzida e alto teor de silício, fatores que dificultam sua laminação a frio. Por isso, a habilidade e a experiência de nossos técnicos e operadores foram fundamentais para o sucesso do projeto”, conta o pesquisador Sebastião Paolinelli, coordenador do trabalho, que mereceu o prêmio Construtores de janeiro.

10

O trabalho de desenvolvimento de aços elétricos para aplicação em carros híbridos rendeu à ArcelorMittal Inox Brasil o prêmio Construtores

O foco da ArcelorMittal Inox Brasil é a exportação para os mercados asiático e norte-americano, pois não há previsão de quando as montadoras passarão a produzir carros híbridos no Brasil. “Primeiro precisamos entender como funciona a cadeia de negócio e qual a melhor forma de disponibilizarmos nossas soluções em aços elétricos para essa aplicação”, pontua Adriana Martinez, trader de Aços Elétricos e Carbono.

Por enquanto, a experiência da Empresa no fornecimento à indústria automobilística concentrase nos aços inoxidáveis. “Estamos estudando a viabilidade de replicar esses modelos e estruturas para a comercialização no mercado externo dos aços GNO para o segmento de carros híbridos”, completa Adriana.

Desempenho silencioso

O carro híbrido utiliza como tração um motor a combustão convencional associado a um ou mais motores elétricos, movidos por energia proveniente de baterias que são recarregadas durante o funcionamento do veículo. Tal associação permite a redução do consumo de combustíveis e da emissão de gases poluentes. Melhor desempenho e redução de ruídos também são vantagens decorrentes desse sistema.

Ainda não existe no Brasil produção e nem comercialização desse tipo de veículo. No entanto, os carros híbridos vêm ocupando rapidamente as ruas dos Estados Unidos, Europa e Japão. “São mercados em consolidação e representam grande oportunidade para venda dos produtos desenvolvidos pela Empresa com base no seu poder inovador e no caráter sustentável de seu negócio”, destaca Paolinelli. Em um novo tempo, que demanda tecnologias e produtos de vanguarda, a ArcelorMittal Inox Brasil continua se reinventando para transformar o amanhã.


Vem aí, a Feinox

A ArcelorMittal Inox Brasil é, novamente, a principal patrocinadora da Feinox, Feira de Tecnologia de Transformação do Aço Inoxidável. Será a 4ª edição do principal evento da cadeia do aço inox do Brasil. A feira acontece em novembro, em São Paulo, e reúne siderúrgicas, produtores, fornecedores, distribuidores, transformadores, clientes e potenciais clientes do setor.

Na edição 2010, durante três dias, grandes setores consumidores do inox discutirão as diversas aplicações e os ganhos econômicos e ambientais obtidos com o uso do material. O fórum é uma excelente oportunidade para troca de conhecimentos e para divulgação de materiais e produtos.

16 de novembro – Arquitetura

Especialistas discutem a aplicação do material e principalmente as estratégias e ações diante das oportunidades de negócios que surgirão com a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

17 de novembro – Óleo e Gás

Para atender aos exigentes requisitos da exploração da camada do pré-sal e o potencial de crescimento do consumo do setor, especialistas analisarão os diferentes tipos de aço inoxidável e ligas especiais.

18 de novembro – Agronegócio

Os tipos de aço inoxidável desenvolvidos para a indústria do açúcar, alimentos e bebidas estarão na pauta dos especialistas do setor.

A Feinox é realizada pelo Núcleo Inox. Para mais informações, acesse o site: www.feinox.com.br

Compartilhar: