Revista Espaço

Exemplos de superação

Programa de Aprendizagem Industrial para Pessoas com Deficiência promove acesso à formação profissional e ao mercado de trabalho

17

Dirlei está entusiasmado com o conteúdo do curso

Após um período de integração na ArcelorMittal Timóteo, os 12 participantes do Programa de Aprendizagem Industrial para Pessoas com Deficiência ocuparam suas carteiras em sala de aula. Iniciado em agosto, o curso técnico de Manutenção Elétrica Industrial envolve o desenvolvimento de habilidades básicas e específicas, em treinamentos teóricos e práticos. Além de preparar as pessoas para desempenhar atividades profissionais e lidar com diferentes situações do trabalho, o programa busca promover a cidadania, a inclusão social e o convívio com a diversidade, oferecendo acesso à formação e a futuras oportunidades de mercado.

Nas primeiras duas semanas, os participantes conheceram o histórico da ArcelorMittal Inox Brasil, os valores do Grupo, os programas de benefícios, assistência médica, Vigilância Compartilhada, ergonomia, Saúde e Segurança e o fluxo de produção da Usina. “Agora entramos no conteúdo técnico e estou cada vez mais entusiasmado. Pensava que seria difícil, mas é tudo muito interessante. A gente começa a entender as coisas e a querer aprender cada vez mais. O grupo está bem entrosado e minha família me dá muita força. Estou feliz em poder dar esse exemplo para meus filhos”, conta o aluno Dirlei Ramos Ribeiro.

Realizado por meio de convênio com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o curso é ministrado no Centro Integrado Sesi-Senai Ipatinga e terá duração de dois anos. O gerente geral de Recursos Humanos, Ilder Camargo, deu as boas-vindas ao Grupo e destacou que os participantes devem ser exemplos de superação. “Acredito muito no pensamento de que ‘somos do tamanho do nosso sonho’, mas o sucesso do programa depende do empenho de cada participante”, disse aos alunos.

Aproveitamento

Segundo definição da Organização Mundial de Saúde, adotada também pela legislação brasileira, pessoa com deficiência “é aquela que apresenta perdas auditivas, visuais, físicas, mentais, múltiplas, de origem congênita ou adquirida”.

Adriana Baracho, gerente de Treinamento e Desenvolvimento da ArcelorMittal Inox Brasil, explica que a Empresa efetuou, em conjunto com o Centro de Integração e Apoio ao Portador de Deficiência Rogéria Amato (Sesi/Cira), um mapeamento das funções que podem ser executadas por pessoas com diferentes tipos de deficiência. “Optamos pelo curso de Manutenção Elétrica porque oferece mais flexibilidade para atuação de pessoas com deficiência e tem bom aproveitamento no mercado de trabalho”, justifica.

Compartilhar: