Revista Espaço

Navegar é preciso

Premiação mensal reconhece projetos que contribuem para ampliar a competitividade da ArcelorMittal Inox Brasil e motiva empregados a continuarem buscando melhorias, desafio ainda maior em momentos de crise

Sacadores, escultores ou navegadores; gestores, técnicos ou operadores. Seja qual for o ofício, há que se ter ambição. E quando esse sonho é comum a várias pessoas, tanto melhor. A Convenção das Ambições foi o momento criado pela a ArcelorMittal Inox Brasil para repensar seus objetivos no médio e longo prazos. Em reconhecimento às iniciativas que aproximam a Empresa de tais ambições, todos os meses, projetos que se destacam pela ousadia, criatividade e contribuição para os resultados recebem o troféu A Travessia. “Nessa jornada, precisamos de navegadores que assumam o comando de suas naus, tracem as rotas e façam a diferença”, disse o presidente Paulo Magalhães durante a 3ª Convenção das Ambições, em dezembro de 2008, quando o prêmio foi lançado.

Clênio da Silva Santana, assistente técnico da Melhoria Contínua e Qualidade, foi um dos autores do projeto ‘Gestores de conta’, voltado para a redução de custos e ganhador do primeiro troféu A Travessia, em janeiro deste ano. Para ele, o prêmio não apenas reconheceu o trabalho desenvolvido pelo grupo, mas também comprovou o sucesso na superação do desafio proposto. “A direção que devemos seguir ficou mais clara e a equipe trabalha focada. Hoje, temos projetos nos quatro eixos do Roadmap, que é o desdobramento direto da Convenção das Ambições”, comenta.

Além de valorizar ações que colaboram para tornar a ArcelorMittal Inox Brasil cada vez mais competitiva e eficiente, o prêmio motiva empregados a continuarem buscando melhorias em suas áreas, balizados pela estratégia da Organização, fator que foi fundamental na superação de muitas dificuldades do momento de crise.

A renovação de uma ideia

A homenagem foi criada a partir de uma palestra do técnico da seleção brasileira de vôlei masculino, Bernardo Rocha de Rezende (Bernardinho), na 1ª Convenção das Ambições, em dezembro de 2006. Ao longo de 2007, a ArcelorMittal Inox Brasil concedeu o troféu Bola das Ambições aos então chamados ‘sacadores do mês’. Em uma analogia com o jogo de vôlei, o saque significa a conquista de um ponto e o início de um novo desafio em busca dos demais pontos que definem a partida.

9

Na sequência: troféus Bola das Ambições, Escultores do Amanhã e A Travessia

No ano seguinte, o designer gráfico Hans Donner, conhecido pelas criativas vinhetas da Rede Globo de Televisão, falou aos participantes da 2ª Convenção das Ambições e inspirou a premiação Escultores do Amanhã. O troféu valorizou o trabalho daqueles que, com talento, criatividade e ousadia, se dedicaram a projetos com potencial para transformar o amanhã.

Ao final de 2008, a 3ª Convenção das Ambições foi pautada pelo tema ‘2009 – Vencendo em tempo de crise’. Foi nesse cenário de incertezas que o prêmio Os Navegadores sucedeu o Escultores do Amanhã e lançou o desafio de continuar crescendo em um mercado cada vez mais competitivo.

Compartilhar: