Revista Espaço

Caminho para a emancipação

Consultoria em gestão leva associações apoiadas pela Fundação a evoluir e sonhar cada vez mais alto

19

Cristiano e sua família aproveitam as opções de lazer do Clube Alfa

O Clube Alfa é exemplo dos bons resultados alcançados pelo trabalho de profissionalização e fortalecimento das instituições parceiras da Fundação ArcelorMittal Acesita. O espaço, que congrega empregados da ArcelorMittal Inox Brasil, familiares e pessoas da comunidade em geral recebeu uma consultoria para melhorar sua gestão financeira e administrativa. Paralelamente, foram realizadas obras de ampliação e restauração da sede social, que ganhou um novo salão de festas, além da reforma do parque aquático, sauna, brinquedos e pista de bicicross.

Os resultados não demoraram a aparecer e o número de associados subiu de 1.100, em 2007, para os atuais 1.600. Cristiano Torres e Faria, operador da Aciaria, associou-se no final de 2008. “O Alfa é o melhor clube da cidade. Tenho aproveitado muito a infraestrutura de lazer com minha família. Vários amigos do trabalho também frequentam o clube, que é um ótimo espaço de convivência”, elogia.

20

Creuza mostra os novos equipamentos da Coopermassas Ágape

Segundo a coordenadora de projetos da Fundação ArcelorMittal Acesita Márcia Ferreira de Andrade, a meta é chegar a 1.800 sócios até o final de 2009. Para Hita Rodrigues Ribeiro, gerente geral do Alfa, a soma de esforços vem fazendo a diferença. “Nossa gestão encontrou o clube com muitos problemas. Só podemos agradecer o apoio da Fundação, que nos encheu de garra para dar a volta por cima. Além do número de sócios, conseguimos aumentar a quantidade de eventos realizados em nossas instalações e estamos colocando as contas em dia”, comemora Hita.

Profissionalização

Assim como o Alfa, a Coopermassas Ágape é outra instituição apoiada pela Fundação que está a caminho da ‘emancipação’. Criada há oito anos, no bairro Cachoeira do Vale, em Timóteo, a Coopermassas reúne 20 mulheres associadas que produzem e comercializam pratos prontos (marmitex) e salgados diversos.

A cooperativa é beneficiada pelo Projeto Rede Municipal, cuja proposta é estimular iniciativas coletivas de trabalho e renda. Realizado pela Fundação ArcelorMittal Acesita em parceria com a Interamerican Foundation (IAF), o projeto vem auxiliando a Coopermassas a aumentar a produtividade, reduzir custos e promover melhorias no atendimento aos clientes e nas instalações.

Em abril, R$ 37,6 mil foram repassados à Coopemassas por meio do projeto para a compra de novos equipamentos, como batedeira e liquidificador industriais, balança digital e geladeira. “Com o apoio da Fundação, começamos a entender melhor e a profissionalizar nosso negócio. Esse suporte nos enche de coragem e ânimo para continuar lutando e crescendo”, diz Creusa Benedito Andrade Souza, presidente da Coopermassas Ágape.

Também por meio do Projeto Rede Municipal, o Instituto Presbiteriano Êxodo (Ipê) e o Centro de Alimentação, Trabalho e Orientação Social (Catos) receberam individualmente mais de R$ 32 mil para a compra de equipamentos e contratação de instrutores, com o objetivo de melhorar a qualidade e ampliar a oferta de cursos de informática para jovens de baixa renda.

Compartilhar: