Revista Espaço

Vocação regional orienta educação

Fundação ArcelorMittal Acesita mobiliza parceiros para projeto de transferência e ampliação da unidade do Cefet em Timóteo

19

Prédio da antiga Escola de Metalurgia voltará a formar conhecimento em Timóteo

A construção histórica localizada à rua 19 de Novembro, no Centro de Timóteo, já foi ocupada pela Secretaria Municipal de Obras, pela Escola de Formação Profissional e pelo Colégio Técnico Industrial de Metalurgia, da então Acesita. Em breve, o prédio dará lugar a outra nobre iniciativa. Doada pela prefeitura em novembro de 2008, a edificação será totalmente recuperada para abrigar o Campus Timóteo do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG). Em estreito contato com a diretoria da instituição, a Fundação ArcelorMittal Acesita participou da concepção do projeto e vem trabalhando na articulação de parcerias para viabilizá-lo.

Com área total de 23 mil metros quadrados, o novo Campus atenderá inicialmente a cerca de 540 alunos do Cefet que vivem em Timóteo e região. A fachada original e outros marcos arquitetônicos serão conservados. “Ter a ArcelorMittal Inox Brasil como avalista desse projeto é uma grande ajuda. A Empresa, que conta com a credibilidade e o respeito da comunidade, não poupa esforços para interceder em favor da educação em Timóteo”, ressalta Maurílio Alves, diretor do Campus.

20

Flávio dos Santos: “Nosso compromisso é consolidar as ações no menor prazo possível”

Além de permitir a futura expansão da unidade, com maior variedade de cursos e oferta de vagas, a transferência para uma área central, próxima à entrada da cidade, facilita o acesso e minimiza os custos de transporte para os alunos. A previsão é de que as obras sejam iniciadas no segundo semestre de 2009 e concluídas até o primeiro semestre de 2010, quando ocorrerá a mudança do Campus.

Mais cursos e vagas

Para cumprir os compromissos assumidos no Projeto de Lei que oficializou a doação do terreno, o Cefet aumentou o número de cursos técnicos de três para cinco; criou uma graduação e está elaborando o plano pedagógico de outra; e contratou mais 12 professores por meio de concurso público. “Temos hoje um corpo docente altamente qualificado, 100% com mestrado ou doutorado. Faremos um investimento significativo em infraestrutura e laboratórios, pois é nossa preocupação constante manter o elevado padrão de qualidade do ensino característico do Cefet”, promete Flávio Antônio dos Santos, diretor-geral do Cefet-MG.

A unidade de Timóteo oferece duas modalidades de cursos: Integrada, que reúne Ensino Médio e Técnico em Informática, Química e Edificações; e Pós-Médio, formação técnica em Mecânica e Metalurgia voltada para alunos que já concluíram o 2º Grau. Em fevereiro de 2009, teve início a primeira turma de graduação em Engenharia da Computação. O curso de tecnólogo em Normas e Qualidade Industrial será encerrado em 2010. Duas turmas do Curso Técnico de Metalurgia são compostas exclusivamente por empregados da ArcelorMittal Inox Brasil.

Segundo Flávio, os planos do Cefet para o Vale do Aço são compatibilizar a oferta de cursos com a demanda do mercado de trabalho e a vocação siderúrgica da região. “Somos gratos pelo apoio recebido dos parceiros locais. Nosso compromisso é consolidar as ações no menor prazo possível. Queremos ampliar a articulação com as empresas, desenvolvendo programas de estágio e projetos de pesquisa em conjunto, ajustando nossos cursos aos seus interesses e colaborando na formação de recursos humanos, por meio da requalificação e atualização dos empregados”, projeta.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.