Revista Espaço

Cultura no picadeiro

Circo Imperial encanta crianças e adultos na abertura da 2ª Campanha de Popularização do Teatro & Dança de Timóteo

15

Família Braskuper preserva a tradição circense há quatro gerações

Malabaristas, mágicos, trapezistas, acrobatas, globo da morte e muita palhaçada divertiram as mais de duas mil pessoas que assistiram ao Circo Imperial, entre os dias 5 e 8 de março, na arena instalada no Bosque da Fundação ArcelorMittal Acesita. As atrações circenses abriram a 2ª Campanha de Popularização do Teatro & Dança de Timóteo, que se estendeu até o dia 29 de março.

O analista técnico Gilcélio Vidal Drumond, da Oficina Mecânica Central da ArcelorMittal Timóteo, levou a família para assistir ao espetáculo. “Meus filhos adoraram! Eu também gostei do Circo Imperial por vários motivos: primeiro por não ter animais, depois por ser composto por uma família circense que não deixa morrer essa tradição tão bonita e finalmente pela interatividade com o público. O trapézio, o globo da morte e o equilibrista foram as atrações que mais me chamaram a atenção”, conta Gilcélio.

16

Sempre que um circo passa por Timóteo, Gilcélio leva a família para conferir o espetáculo

Com ingressos a preços populares, além do circo, a programação da campanha contou com seis espetáculos adultos e três infantis. O público total foi de mais de 4,5 mil pessoas. O evento é organizado pelo Sindicato dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais (Sinparc-MG) e patrocinado pela ArcelorMittal Inox Brasil, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Realizada em Belo Horizonte há 35 anos, a campanha já entrou no calendário cultural de Minas Gerais. O sucesso é comprovado pelo público crescente e pela adesão cada vez maior de cidades do interior, como informa Rômulo Duque, presidente do Sinparc-MG. “Este ano, nossa meta é ultrapassar o recorde de público de 2008, quando mais de 320 mil pessoas foram ao teatro em Belo Horizonte, Contagem, Juiz de Fora, Ipatinga e Timóteo”, afirma Rômulo.

Arte feminina

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, 8 de março, a Fundação ArcelorMittal Acesita promoveu mais uma vez a exposição Essas Mulheres. O Coro de Meninas apresentou-se na abertura da 13ª exposição coletiva, de 87 artistas do Vale do Aço, no dia 4 de março. Com trabalhos em desenho, pintura, escultura, objetos de inox e performances de atrizes regionais, a exposição permaneceu na galeria da Fundação até 1º de abril, com entrada franca.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.