Revista Espaço

Especialistas em melhorias

 

Aperam oferece capacitação e forma turma de profissionais para utilizar metodologia Green Belts em projetos de redução de custos e aumento da confiabilidade da planta

Os empregados que participaram do curso de Green Belts finalizado em maio pela Aperam

Maior embasamento teórico e metodológico para a condução dos projetos na Aperam South America. Esse foi o principal ganho obtido pelos 28 profis­sionais que participaram do curso de Green Belts(Certificação que atesta o domínio da metodologia Lean Six Sigma, que reúne ferramentas desenvol­vidas para profissionais que atuam em projetos com foco na redução de custos e aumento da qualidade. ), oferecido pela Empresa. Ele foi iniciado em 2016 e concluído em maio. Selecionados conforme a atuação, dentro da estratégia de fortalecimento do controle dos processos e aumento da confiabilidade da planta, os engenheiros e técnicos convidados a realizar a capacitação contaram com 80 horas de aulas presenciais, aplicadas ao longo dos meses de outubro e novembro de 2016 no Centro de For­mação da Aperam. Depois do conteúdo teórico, nos meses que se seguiram, eles conduziram 12 projetos(Foram oito projetos com foco em Controle de Processos, três em Confiabilidade e um híbrido, que englobou o Controle de Proces­sos, Confiabilidade e Manutenção ) voltados à melhoria de processos e à redução de falhas de manutenção em suas próprias áreas.

A assistente técnica de gestão da Gerência Execu­tiva de Excelência Operacional (TEO), Regina Célia de Melo, explica que a Aperam já havia oferecido internamente a capacitação na metodologia Green Belt em outras duas oportunidades (em 2000 e 2008). Esta, no entanto, foi a primeira vez em que os profissionais puderam contar com o acompanhamento de um coach enquanto colocavam em prática o conteúdo aprendido no curso.

Como resultado dos projetos em implementação, um potencial de ganhos de R$12 milhões foi identificado e deverá ser gerado ao longo do ano. A entrega das certificações de Green Belts ocorre somente após a comprovação da efetividade dos projetos realizados.

CERTIFICADO

Há 28 anos na Aperam, o assistente técnico especializado da Laminação a Quente, Arísio de Abreu Barbosa, foi um dos profissionais capacitados na metodologia Green Belt. Com amplo conhecimento da Usina, ele se surpreendeu com a visão mais abrangente proporcionada pelo curso. “O curso fornece, de modo didático e bem aprofundado, um passo a passo sobre como atuar nos projetos. Além do conteúdo de estatística, orienta também sobre a resolução de problemas e sobre a identificação de aspectos que parecem simples, mas impactam diretamente em nosso dia a dia”, comenta.

Os bons resultados obtidos esti­mularam a Empresa a ofertar uma nova turma para a certificação de Green Belts. As aulas teóricas começaram em maio e novos projetos, realizados conforme a metodologia, devem ser concluí­dos até dezembro.

Compartilhar: