Revista Espaço

100% comprometida com o planeta

Tema essencial na gestão da Aperam, cuidado com o meio ambiente tem sido alvo de investimentos em frentes diversas no período recente

No dia 5 de junho, o Dia do Meio Ambiente foi celebrado ao redor do mundo, reforçando a necessidade de engajar popula­ção, empresas e líderes políticos na preservação dos recursos naturais. A data foi estabelecida em 1972 pela Organização das Nações Unidas (ONU), durante a primeira conferência

mundial dedicada ao meio ambiente, realizada em Esto­colmo, capital da Suécia, e consiste em uma oportunida­de para aprofundar as discussões acerca do tema.

Na Aperam South America, o cuidado ambiental é priori­tário. Entre as ações realizadas pela Empresa, destacam-se os investimentos visando à redução do consumo de água e energia, ao maior reaproveitamento interno e à incorporação das chamadas tecnologias verdes, que emitem menos poluentes e utilizam energia renovável.

Em 2016, avanços significativos foram alcançados nesse sentido. Confira os destaques:

Água

De toda a água consumida na Usina de Timóteo, cerca de 96% é tratada e reaproveitada no próprio processo produtivo. A coleta é realizada de acordo com autorização emitida pelo Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), conforme ocorre atualmente no Rio Piracicaba, no Vale do Aço. Peça fundamental desse cuidado com os recursos hídricos, a Estação de Tratamento de Água (ETA) da Usina passou recentemente por obras visando ao aumento da sua confiabilidade, o que incluiu a troca de motores antigos por novos, por exemplo. Como resultado da modernização, a redução no consumo de energia foi alcançada.

Menos emissões

O ar da região ganhou qualidade em 2016, com a modernização do sistema de desempoeiramento dos fornos elétricos a arco da Usina. A redução das emissões de particulados e Gases de Efeito Estufa (GEE) na atmosfera foi o principal ganho gerado nesse processo.

Resíduos

Do volume total de resíduos gerados na Usina ao longo de 2016, qua­se 70% foram reaproveitados por meio da reciclagem, reutilização e coprocessamento. A Empresa também deu sequência à comercializa­ção dos coprodutos gerados na produção, bem como ao uso da sucata metálica em seu próprio processo produtivo.

Eficiência energética

Com foco na economia de energia, 12 motores antigos da Usina, de grande porte (acima de 200cv), foram substituí­dos por equipamentos de alto rendimen­to em 2016. Nas torres de resfriamento de água, equipamentos de pequeno porte (até 50cv) também deram lugar a novos e um sistema de controle automá­tico da temperatura foi instalado.

Outro destaque foi o avanço do proces­so de substituição do gás natural, que aquece as panelas da Aciaria, por gás de alto-forno (um coproduto obtido durante a produção do gusa). No ano passado, 55% da troca foi concluída, resultando em menor consumo energético e também na redução das emissões.

Saiba mais! Para conferir um panorama completo das ações desenvolvidas recentemente pela Aperam South America e Aperam BioEnergia, acesse o Relatório Anual de Sustentabilidade das Empresas, referente ao ano-base de 2016. O documento está disponível para leitura no site brasil.aperam.com

Compartilhar: