Revista Espaço

Uma história para se orgulhar

Em 29 de abril, o município de Timóteo completou 53 anos de emancipação e não faltaram motivos para que seus cerca de 80 mil habitantes* pudessem celebrar. A cidade detém Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) – que mede o grau de desenvolvimento econômico e qualidade de vida – de 0,77, superior à média de Minas Gerais (0,731) e de todo o Brasil (0,727). Quase 9 mil pessoas trabalham na indústria, principal ramo de ocupação, seguido por serviços, comércio e agricultura. O Produto Interno Bruto (PIB) per capita – soma de todos os bens e serviços produzidos na cidade, dividida pelo número de habitantes – é outro indicador que se destaca: está na casa dos R$ 28.461, média que também supera a estadual (R$ 23.646) e a nacional (R$ 26.445).

Para a Aperam South America, que chegou à cidade antes mesmo de sua emancipação, é motivo de orgulho ter uma história que se confunde com a da própria comunidade. “Timóteo foi se formando aos poucos e a instalação da antiga Acesita, na década de 1940, foi um marco desse crescimento. Ela permitiu que a comunidade começasse a gerar riqueza e, pouco tempo depois, se tornasse a base para o desenvolvimento do Vale do Aço”, recorda o atual diretor de Produção da Aperam, Ilder Camargo, cidadão timotense.

Atualmente, a Aperam South America tem cerca de 2,2 mil empregados próprios no município, além de gerar outros milhares de empregos indiretos no comércio, no setor de serviços e nas empresas fornecedoras que atuam na região. Nos dois últimos anos, a Empresa destinou mais de R$850 milhões( Cerca de R$270 milhões foram aplicados em áreas como tecnologia da informação (TI), saúde, segurança e melhoria de equipamentos; R$310 milhões foram direcionados à compra de produtos e serviços no Vale do Aço; e outros R$270 milhões ao pagamento de salários, prêmios, encargos e benefícios aos empregados) para aumentar a competitividade da Usina, comprar serviços e pagar salários e benefícios  em Timóteo. “A Aperam busca ser uma empresa segura e rentável, de forma sustentável, à frente da concorrência, gerando riquezas que impactam diretamente no desenvolvimento da nossa cidade, do Vale do Aço, de Minas Gerais e do Brasil”, comenta Ilder.

Para o diretor de Recursos Humanos da Aperam South America, Luiz Otávio Torres Procópio, que também é natural de Timóteo, merece destaque, ainda, a vocação estabelecida pela Aperam em atuar como educadora na região. Seja por meio das ações realizadas pela Fundação Aperam Acesita (Com atuação nas esferas educacional, cultural, ambiental e da promoção social, a Fundação realiza investimentos diretos na comunidade, que se alinham ao compromisso da Empresa em promover a qualidade de vida na região.)ou das capacitações e oportunidades de intercâmbio ofertadas à equipe, o compromisso com a educação é mantido como uma prioridade. “Desse modo, a Aperam gera competitividade e participa diretamente do desenvolvimento do município. O benefício também é revertido para a própria Empresa, que contrata e oferece às pessoas que se formam em Timóteo a chance de atuar no negócio, podendo chegar até mesmo à gestão, como é o meu caso e de tantos outros que estão ou já passaram por aqui”, conclui.

Compartilhar: