Revista Espaço

Comunicar é preciso

Aperam inaugura comitê de Facilitadores de Comunicação, com participantes de
todas as áreas, convidados a colaborar com o diálogo interno

Facilitadores de Comunicação da Aperam South America

Democratizar o acesso às informações, assegurando que as iniciativas da área de Comunicação tenham relevância e despertem o interesse dos empregados a apoiar as lideranças no diálogo com as equipes. Esses são alguns dos objetivos do Comitê de Facilitadores de Comunicação, inaugurado pela Aperam em fevereiro. Um time diversificado de empregados, com representantes de todas as áreas da Usina, foi selecionado para compor o grupo, que se reunirá mensalmente. O objetivo é que os encontros possibilitem a reflexão sobre as práticas de comunicação da Empresa e colaborem com a melhoria contínua das iniciativas desenvolvidas pela Gerência. “Nós já contávamos com outros grupos de apoio. No entanto, eles estavam ligados a iniciativas pontuais, como a revista Espaço e o informativo Conexão. Por isso, atuavam sem uma visão do todo. Agora, essa equipe terá a oportunidade de ter uma percepção global dos processos de comunicação interna”, explica a gerente de Comunicação Raquel Faria.

Colaboração

Os 29 facilitadores que compõem o Comitê, indicados por suas lideranças, reúnem características como bom trânsito na área e amplo conhecimento da Empresa. A analista técnica da Gerência Executiva de Metalurgia Integrada (PMI), Cleide Faustini, está entre os integrantes do grupo e se diz animada com a oportunidade de colaborar com a Comunicação. Há mais de 30 anos na Aperam, ela pretende utilizar a experiência adquirida para apresentar sugestões que resultem em uma boa conexão entre as diferentes gerações que atuam no negócio. “A comunicação bem feita não deixa espaço para questionamentos e dá tranquilidade à equipe, que percebe que a Empresa prioriza a transparência. Já reconhecia a Aperam como uma empresa que inova e investe continuamente em novas ferramentas de comunicação e acredito que resultados ainda melhores poderão ser gerados com a colaboração do comitê”, acredita.

 

Um comitê, muitos resultados

• Mais vozes participando da comunicação;
• Maior sintonia entre a estratégia da empresa
e os interesses dos públicos de relacionamento;
• Melhoria dos relacionamentos internos, com
reflexos no clima organizacional;
• Aproximação entre as diferentes áreas da
Empresa;
• Maior integração entre fontes e conteúdos.

Compartilhar: