Revista Espaço

Vocação para inovar

Evento reuniu clientes e representantes do setor de energia e siderurgia para o lançamento do HGO

No dia 7 de fevereiro, clientes e representantes de entidades, como a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), a Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) e o Instituto Aço Brasil, uniram-se à equipe da Aperam para acompanhar de perto a partida da linha responsável pela fabricação do aço elétrico de grão superorientado. A expectativa é de que a produção local resulte no crescimento do consumo desse tipo de aço no Brasil, bem como na fabricação de transformadores de energia mais sustentáveis (menores, mais eficientes e mais silenciosos).

Parte da equipe da Aperam que atuou no desenvolvimento do HGO e se dedica à produção do aço na Usina de Timóteo.

Marco histórico

O diretor Comercial, Rodrigo Damasceno, ressaltou que o lançamento se alinhava ao compromisso da Aperam com o desenvolvimento industrial brasileiro. “Inovar faz parte do DNA da Empresa. É algo que sempre fizemos e que será mantido como uma prioridade”, garantiu.

Para Edalmo Magalhães de Souza, gerente executivo da Laminação a Frio de Aços Elétricos, o comprometimento da equipe com o projeto foi o grande destaque. “Concluímos um projeto desafiador, que chegou a ter mais de mil pessoas envolvidas, sem qualquer acidente. Isso não teria sido possível sem o time dedicado que temos, que não poupou esforços para que esse sonho se tornasse realidade”, afirmou.

 

Placa comemorativa instalada na Usina marca a finalização da adaptação da linha de produção e início da fabricação do HGO

Já o diretor de Produção, Ilder Camargo Silva, comentou sobre a oportunidade de presenciar a concretização deste projeto. “Nasci e cresci em Timóteo, meus pais trabalharam na Aperam e foi aqui que comecei minha carreira, como técnico. A Aperam é uma empresa que nos dá a oportunidade de sonhar e, sonhando, vemos muitas coisas se tornarem realidade”, ressaltou.

A cerimônia foi encerrada pelo presidente da Aperam South America, Frederico Ayres Lima: “Por acreditar no Brasil, a Aperam manteve os investimentos e seu processo de constante desenvolvimento. Com o HGO, a Empresa se alinha à busca por opções energéticas mais sustentáveis que cresce em todo o mundo”, afirmou, pouco antes de inaugurar a placa comemorativa do lançamento e autorizar o operador Bruno Almeida a dar a partida na linha de produção do aço elétrico.

 

“O momento que presenciamos é muito especial
para alguém que, como eu, trabalha há tanto tempo
com aços elétricos e busca enxergar a contribuição
do Brasil para a tecnologia do planeta. O domínio
por uma siderúrgica brasileira da mais sofisticada

tecnologia de fabricação de aço mundial é um
acontecimento muito importante, pois pouca
gente é capaz de fazer isso. Hoje, o Brasil está de
parabéns, graças a vocês”.

Fernando Landgraf, diretor-presidente do Instituto de
Pesquisas Tecnológicas (IPT)

“Hoje, importamos esse material do Japão e ele leva
cerca de 90 dias, a partir da emissão do pedido,
para chegar aqui. Comprando diretamente da
Aperam, a expectativa é de encurtar esse prazo
pela metade”.
Marcos Paulo de Jesus, gerente de
Suprimentos da ABB

“Para a Weg, a utilização de materiais de
alta tecnologia é uma prioridade. E ter um
fornecedor que compartilha dessa visão e que
acompanha o que acontece no mercado, como
é o caso da Aperam, é algo bem-vindo e muito
importante para nós. Não apenas a indústria,
mas o País como um todo irá ganhar com isso”.
Luciano Bocca, da Weg Equipamentos Elétricos

 

 

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.