Revista Espaço

Conectados com a vida

Ao regular o uso de dispositivos eletrônicos de comunicação, Empresa mostra mais uma vez seu foco na Saúde e Segurança

Há muito tempo smartphones, tablets e outros dispositivos eletrônicos fazem parte do nosso dia a dia. Embora sejam excelentes ferramentas para a comunicação, esses aparelhos também são fontes de distração e podem representar risco à segurança de seus usuários. Estudo divulgado em 2016 pela Universidade de Utah, nos Estados Unidos, apontou que motoristas que usam o celular enquanto dirigem têm quatro vezes mais chances de sofrer acidentes de trânsito.

O uso inadequado dos dispositivos também compromete a segurança de quem es tá a pé. Em pesquisa r ealizada pela Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia em 2016, 66% dos en trevistados confessaram que já se distraíram usando o celular ao atravessar a rua, seja para ligações, mensagens ou para ouvir música no fone de ouvido. O r eflexo é um impressionante aumento de 171% no númer o de indenizações por invalidez permanente, decorrente de atropelamentos, entre 2010 e 2015.

Para colaborar com a discussão sobre a importância da utilização responsável dos aparelhos eletrônicos, a Aperam escolheu o tema “Tecnologia x

Saúde e Segurança” para estampar as capas exclusivas dos kits escolares distribuídos em 2017. As imagens também procuram alertar empregados e familiares quanto à presença excessiva da tecnologia no dia a dia, que muitas vezes acaba substituindo a interação real entre as pessoas.

Em meados de janeiro, o assunto ganhou mais força com a implementação de uma nova norma que torna ainda mais rígidas as regras para uso de dispositivos móveis na Usina. “Trata-se de uma mudança de cultura. Nosso objetivo é reforçar as diversas iniciativas que a Aperam já possui para preservar aquilo que temos de mais importante, que são nossos empregados. Queremos garantir que todos entendam a importância de adotar as novas regras para o uso de dispositivos eletrônicos e compartilhem esse conhecimento com seus familiares e amigos. Assim, seja do trabalho, da escola ou até mesmo de um passeio, todos poderão continuar voltando seguros para seus lares”, explica o gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente, Sebastião Miranda.

 

 

 

Compartilhar: