Revista Espaço

Ano novo, casa nova

Realizadas entre o final de 2016 e início de 2017, obras deram sequência ao projeto de modernização
e aumento da confiabilidade da Usina

Gediane Alexandrino (esq.) e parte da equipe que atuou na coordenação da mais recente parada geral de Utilidades, ocorrida em janeiro

Dos sete módulos refrigerados que compõem a chaminé do convertedor MRPL, responsável pela exaustão dos gases gerados no processo produtivo da Aciaria, quatro foram recentemente trocados por novos, resultando em mais segurança e em maior eficiência durante o procedimento (veja quadro). A obra está entre as 13 intervenções realizadas entre novembro de 2016 e janeiro de 2017 na Usina de Timóteo, como parte do projeto que visa à restauração e modernização do maquinário da planta.

O ciclo contou com investimentos de mais de R$ 40 milhões e as intervenções se concentraram no chamado Circuito a Quente. “Aproveitamos essa parada para realizar o maior número de manutenções possível nas áreas de Laminação a Quente, Aciaria e Redução”, comenta o engenheiro de projetos, Irimar Novaes Silva, responsável pela coordenação da equipe de implantação de projetos no Circuito a Quente.

Um planejamento minucioso antecipou a execução: em abril de 2016, foi montado um dossiê que evidenciava as necessidades de substituição. A partir dele, foram definidas as prioridades. Nos meses que se seguiram, a equipe se dedicou a aspectos como planejamento logístico, definição e visita a fornecedores e ao acompanhamento do desenvolvimento e fabricação de peças.

Outra parte essencial se relaciona à segurança das equipes. “O projeto envolveu mais de 600 empregados de empresas contratadas, que atuaram na Usina por um período de 15 a 20 dias. Muitos nunca haviam sequer visitado o espaço e, justamente por isso, priorizamos a incorporação da cultura de segurança da Aperam à rotina deles”, explica Irimar. Os profissionais passaram pelo treinamento de segurança padrão para o acesso à Usina e também por capacitações específicas, relacionadas às obras nas quais iriam atuar. Assim como nos últimos anos em que grandes intervenções ocorreram na Usina, nenhum acidente foi registrado. “Esse é o resultado da integração entre as equipes Operacional, de Engenharia, Manutenção e Saúde e Segurança. O trabalho em time é a chave do nosso sucesso”, conclui Irimar.

Parada geral

Uma parte importante das obras foi a parada geral de Utilidades, ocorrida entre 3 e 5 de janeiro. Como acontece a cada dois anos, o fornecimento de fluidos e energia elétrica foi interrompido na Usina por 48 horas, para que algumas manutenções específicas fossem realizadas. Este ano, além da substituição das válvulas gerais e dos reparos em todas as torres de refrigeração da unidade, também ocorreram a troca dos tubos de fornecimento de fluidos para a área de Aços Elétricos e a substituição de um
painel na subestação 13, responsável por alimentar a Aciaria.

A técnica de manutenção mecânica da Gerência de Utilidades e Transporte, Gediane Alexandrino Souza, que trabalhou juntamente com as coordenações Mecânica e Elétrica no planejamento da parada, destaca a necessidade de um alinhamento preciso entre as áreas. “É necessário calcular o impacto que será sofrido para que elas possam se preparar e definir meios para realizar as suas manutenções, aproveitando o momento em que os equipamentos estão parados para a Utilidades”, explica.

 

 

Outras obras realizadas no ciclo

Substituição dos dutos refrigerados do sistema de exaustão dos Fornos Elétricos a Arco (FEA) 2 e 3, da Aciaria. Os itens compõem o sistema de exaustão, responsável pela retirada dos gases que são formados durante o processo. Como resultado da troca, os equipamentos tiveram sua vida útil expandida e passaram a realizar a filtragem com maior precisão, reduzindo os impactos ambientais.

Também no FEA 2, o carro gantry, responsável pela abertura e fechamento da tampa superior do forno, teve o sistema substituído, em um trabalho conduzido juntamente ao fabricante. A estrutura foi reforçada, permitindo o aumento da vida útil do equipamento.

 

Compartilhar: