Revista Espaço

Por uma vida mais fértil

Projetos ambientais de comunidades do Vale do Jequitinhonha são o destaque da quinta edição do Edital de Projetos, realizado pela Fundação Aperam Acesita

As contenções ajudam a armazenar por mais tempo no solo a água que abastece os lençóis freáticos

Da pequena comunidade de Cisqueiro, zona rural de Capelinha, no Vale do Jequitinhonha, vem um exemplo de organização comunitária, respeito ao bem comum e preservação ambiental. Pela segunda vez consecutiva, a Associação das Famílias dos Pequenos Produtores Rurais do Cisqueiro irá receber recursos da Fundação Aperam Acesita, via Edital de Projetos. O projeto aprovado dá continuidade ao trabalho bem-sucedido de preservação da água, iniciado no ano passado.

Entre as iniciativas previstas no projeto estão a correção do fluxo das enxurradas e a construção de caixas de contenção de água de chuva nos pontos críticos das estradas, córregos, nascentes e mananciais. Outras frentes de ação consistem na construção de pequenos barramentos em córregos intermitentes, além de arborização e proteção de nascentes.

O técnico agrícola da Emater, Geraldo Robson, diz que a região é de fertilidade baixa, topografia acidentada e abastecida por cursos d’água que secam com frequência. “O objetivo do projeto, que beneficia 37 famílias de agricultores de subsistência, é reter a água por maior tempo possível no solo, garantindo o acesso a esse recurso mesmo nos períodos de seca prolongada”, explica.

Antes de ser apresentado à Fundação, o projeto foi escolhido por consenso entre os associados. O presidente da Associação, Pedro Ferreira dos Santos, observa que a escolha é fruto de um amadurecimento da comunidade em relação às práticas de preservação ambiental. “Estamos aprendendo a manejar a terra de maneira sustentável para evitar que o mau uso estenda o sofrimento da seca para as próximas gerações”, diz. Dos 13 mil necessários ao financiamento, R$10 mil serão investidos pela Fundação e outros R$ 3 mil são contrapartida da Associação.


Entidades beneficiadas

Itamarandiba: Associação Comunitária dos Pequenos Produtores Rurais de Santa Joana e Adjacências e Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Bonfim e Adjacências.

Minas Novas: Associação de Promoção e Apoio à Produção (Ascop)

Capelinha: Associação das Famílias dos Pequenos Produtores Rurais do Cisqueiro – Retiro São Bento; Associação Cultural Quilombola de Santo Antônio do Fanado; e Associação dos Pequenos Produtores Rurais da Agricultura Familiar da Bateria do Riacho.

Veredinha: Corporação Musical Manoel Alecrim.

Vale do Aço: Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC), Associação de Portadores de Insuficiência Renal do Vale do Aço (Apirva), Casa do Cuidado Humano, Lar das Meninas Jesus de Nazaré, Associação dos Agricultores Familiares do Córrego do Celeste e Grupo Pirilampo.

Compartilhar: