Revista Espaço

O mais nobre se produz aqui

Forno de secagem de revestimento na linha que foi reformulada na planta de Timóteo para o início da produção do HGO

Aperam apresenta ao mercado o HGO, aço elétrico de alta performance, fabricado com exclusividade pela siderúrgica na América Latina

O que você diria se ouvisse por aí que uma revolução está prestes a acontecer no setor energético brasileiro? A resposta a essa questão, que pode parecer exagerada à primeira vista, tem relação direta com o lançamento do mais novo produto da Aperam South America: o HGO. Resultado de investimentos de 19 milhões de dólares e de ao menos sete anos de pesquisas, ele é o aço de maior eficiência disponível para o setor elétrico brasileiro e mundial. O produto integra a GoCore, linha de aços de grão orientado produzidos com tecnologia de baixa temperatura pela Empresa .

Tendo o alto desempenho na condução de energia como sua principal característica, o aço elétrico de grão superorientado possui alta permeabilidade e é utilizado especialmente para a construção de transformadores de energia. Sua utilização gera benefícios diversos, na medida em que viabiliza a construção de equipamentos menores, mais eficientes e capazes de emitir menos ruídos. Como consequência, a logística dos equipamentos se torna mais simples e barata, fazendo com que toda a cadeia de geração de energia seja mais sustentável e com menores impactos ambientais.

“Este é um produto que tem o know-how e a energia da Aperam. Ele não teria sido possível sem a confiança dos acionistas na nossa capacidade e no nosso futuro”, destaca Frederico Ayres Lima, presidente da Aperam South America.

Dedicação

De acordo com o Gerente Executivo da Laminação a Frio de Aços Elétricos, Edalmo Magalhães de Souza, a aprovação do projeto, em 2014, deu início a um período de muito trabalho e dedicação. “Ao tomar a decisão de produzir esse aço, a Aperam South America sabia que tinha pela frente um grande desafio. Trata-se de um projeto de enormes dimensões, que conta com muitas pessoas envolvidas, entre público interno e parceiros. Justamente por essa grandeza, nos atentamos para que todo o trabalho de pesquisa, implementação e montagem da linha de produção fosse concebido com o maior nível possível de precisão”, comenta Edalmo.

Entre as mudanças efetivadas na linha de produção – que já era responsável pela fabricação do aço elétrico GO regular – alguns destaques foram substituições de equipamentos do processo de laminação a frio, recozimento e decapagem, e da laminação a quente e processos de descarbonetação, além de revestimento. Os novos equipamentos de ponta, provenientes de países como Estados Unidos, Alemanha, China e França, permitem o controle mais apurado de processos como aquecimento e resfriamento do aço.

Ao longo de todo o período de implantação do projeto, um dos grandes desafios enfrentados tem sido a necessidade de efetivar todos os ajustes exigidos para a fabricação do novo produto, sem que a qualidade do GO sofra qualquer tipo de interferência. “Estávamos diante da necessidade de mudar a tecnologia para desenvolver o novo material, sem descontinuar a produção do aço GO e correr o risco de desabastecer o mercado. O resultado alcançado é um marco importante, uma vez que conseguimos manter nossos níveis de excelência”, conclui Edalmo.


O HGO integra o grupo de aços de grão orientado da Aperam, que passam a ser produzidos com uma nova e moderna tecnologia de baixa temperatura. A partir de agora, essa linha será chamada de GoCore, o que permitirá a diferenciação dos aços GO e HGO da Aperam dos seus concorrentes.

Na logomarca da linha, a expressão ‘Green Performance’ reforça o conceito de sustentabilidade dos aços de grão orientado. Além de suas próprias características, a fabricação também ocorre integralmente com carvão vegetal, originário das florestas 100% renováveis de eucalipto da Aperam BioEnergia, no Vale do Jequitinhonha.


Oportunidade em vista

 Uma tendência mundial, a utilização de aços de grão superorientado, como é o caso do HGO, ainda é tímida no Brasil (veja quadro). O Gerente Executivo Comercial de Aços Elétricos e Carbono, Daniel Rodolpho Domingues, acredita que o lançamento da Aperam será capaz de transformar esse cenário. “Vislumbramos um crescimento rápido. Avaliamos que até mesmo clientes que ainda não o utilizavam vão aderir ao novo aço, que traz mais eficiência ao transformador e, como toda a linha da Aperam, é um produto ‘verde’, fabricado de modo sustentável, com matérias -primas renováveis, como é o caso do carvão vegetal da Aperam”, afirma.

Para Rodrigo Damasceno, Diretor Comercial da Aperam South America, o HGO vem reforçar a posição de liderança do mercado já detida pela Aperam, que passa a contar com portfólio ainda mais completo. “O HGO não apenas posiciona a Aperam entre os grandes players mundiais produtores de aços elétricos, mas será capaz de refletir na cadeia produtiva brasileira”, acredita.

Atualmente, o produto está sendo validado pelos principais fabricantes de transformadores no Brasil. A expectativa é de que a aprovação e início da utilização nas linhas de produção comece ainda no primeiro semestre de 2017.

Compartilhar: