Revista Espaço

Bons motivos para celebrar e compartilhar

Após a conclusão exemplar do Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, em Timóteo, Conselho Municipal recebe mais recursos da Fundação Itaú Social

Na última reunião de 2016, conselheiros comemoraram o sucesso do Plano Decenal e a aprovação de recursos para o projeto Educando para a Cidadania, no bairro Novo Tempo

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Timóteo está entre os 31 do país selecionados para receber recursos da Fundação Itaú Social para projetos na área da educação integral. A partir de março, o programa “Educando para a Cidadania” será desenvolvido junto à comunidade do bairro Novo Tempo. A Fundação Aperam Acesita, uma das entidades que integram o CMDCA, foi indicada como a responsável pela execução.

A Coordenadora de projetos da Fundação Aperam Acesita, Neide Morais, explica que a região é apontada como prioritária, no Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, em função de sua vulnerabilidade social. “Já mapeamos os ativos presentes na região, como escola, creche, posto de saúde, igreja e associações de bairros, entre outros. Vamos oferecer um conjunto de práticas socioeducacionais sistematizadas, capazes de contribuir para a formação da cidadania, a promoção da inclusão social e a redução dos índices de vulnerabilidade social”, comenta Neide, que também preside o CMDCA na cidade. “Assim, o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes da rede municipal de ensino do território Sudoeste será favorecido. É uma ação intersetorial, interdisciplinar e articulada com as políticas públicas, envolvendo saúde, educação, cultura e assistência social”, acrescenta Venilson Araújo Vitorino, presidente da Fundação Aperam Acesita.

O Plano Decenal

Elaborado pelo CMDCA de Timóteo, com recursos da Fundação Itaú Social, em 2015-2016, o Plano Decenal traça um diagnóstico da situação das crianças e adolescentes no município. O documento mereceu destaque do órgão financiador em razão de fatores como sua construção, metodologia, execução e consistência. “O Conselho Municipal revelou ser capaz de fazer uma ampla mobilização das organizações e agentes locais, imprimindo um caráter participativo ao processo de diagnóstico e planejamento que culminou na elaboração do Plano Decenal”, afirma Camila Feldberg, Coordenadora de Programas Sociais da Fundação Itaú Social.

Para Milena Duarte Pereira Forte, Coordenadora do Programa Itaú Criança, o apoio fornecido pela Fundação Aperam Acesita é um destaque do projeto. “Nunca havia visto tanta agilidade em um processo como este. E acredito que isso só foi possível com o apoio da Fundação Aperam Acesita, que exerceu o controle social com estratégia e eficácia”, ressalta.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.