Revista Espaço

Um bom caminho a seguir

Aperam BioEnergia e Senai levam qualificação profissional para o Vale

22

Em julho, participantes receberão certificado

Ênio Ferreira, 19 anos, e Gislene de Macedo, 21, iniciaram o ano com boas perspectivas profissionais. Eles integram o grupo de 20 alunos do curso em Aprendiz em Manutenção de Máquinas Agrícolas Sistema Dual oferecido pela Aperam BioEnergia em parceria com o Senai.

23A qualificação começou em fevereiro e termina em julho. Os instrutores e o material didático ficam a cargo do Senai, enquanto a Empresa cede espaço para as aulas teóricas, práticas, as ferramentas e o auxílio de um salário mínimo a cada aprendiz. O objetivo da atividade, segundo Flávia Magalhães, analista de RH da BioEnergia, é fomentar a melhoria da mão de obra na região. “Para saná-la, adaptamos com o Senai esse curso, para que a grade curricular estivesse bem conectada às demandas do setor”, pontua.

A analista destaca ainda as vantagens do sistema dual adotado para a atividade. “Nele, em vez de utilizar um laboratório, o aluno pratica dentro da nossa planta industrial. O contato com a realidade do trabalho e a interação com os empregados que monitoram as aulas tornam o aprendizado mais eficiente e tem deixado a turma bastante empolgada”, afirma.

Ênio concluiu o ensino médio há dois anos e ainda não tinha ideia de como prosseguir os estudos e a carreira. “Estou gostando da matéria de mecânica. Quem sabe posso me aprofundar nessa área no futuro? Sinto que ao fim do curso estarei mais próximo do mercado de trabalho. Praticamente todo mundo na cidade sonha em fazer parte da Aperam e também penso assim”, destaca.

Única mulher que participa do curso, Gislene já trabalhou em salão de beleza, padaria e estava desempregada. A qualificação pode ser o começo de um novo caminho. “Pela credibilidade do Senai e da Aperam, as chances de um bom emprego vão aumentar”, estima.

Compartilhar: