Revista Espaço

Guardiões em campo, prevenção em alta

Iniciativa adotada pela Gerência Executiva de Laminação e Metalurgia de Aços Elétricos registra resultados positivos

12

Cláudio: atenção redobrada após o programa

Durante seis meses, o colete laranja integrou o uniforme de Cláudio Geraldo Morais, inspetor de Manutenção Elétrica que atua na Gerência de Manutenção de Aços Elétricos. O empregado da Aperam há mais de 30 anos é um dos 116 participantes do programa Guardião da Segurança. Implantado em 2013, a partir de uma iniciativa similar em outra unidade do grupo ArcelorMittal (A inspiração para o projeto vem da unidade da ArcelorMittal Saldanha Steel Wor
ks, na África do Sul. Lá, a iniciativa tem o nome de Escorpiões Vermelhos e é adotada durante grandes paradas de manutenção com a meta de reduzir índices de acidentes e promover a segurança. A planta de Timóteo (MG) adaptou a ferramenta para o uso diário e não somente em períodos de manutenções
), a ferramenta tem como meta reforçar o comportamento seguro na área.

O técnico acredita que a experiência como guardião contribui para que todos aumentem o nível de atenção no dia a dia. “Muitas atividades que fazem parte da rotina se tornam automáticas. O projeto ajuda a repensar o trabalho e a não perder de vista a aplicação de medidas como a Análise Preliminar de Perigo (APP)”, destaca.

A cada seis meses são definidos 24 empregados (três para cada equipamento da área, sendo um por turno). Eles passam por um treinamento, que revisa as práticas de segurança adotadas na Aperam e destaca a importância do cumprimento das Normas Regulamentadoras. O planejamento prevê que todos os 230 empregados passem pela experiência. “A proposta é manter esse cuidado ativo, a prática facilita a adoção do comportamento seguro no dia a dia”, afirma José do Carmo Souza, gerente da Manutenção da Laminação de Aços Elétricos.

13

José Sinfrônio destaca oportunidades de melhorias

Além de acompanhar o dia a dia, com liberdade para instruir os colegas, o guardião audita e inspeciona as atividades. Esse trabalho dá origem a relatórios mensais que são apresentados pelo próprio empregado para a equipe. “Dessa maneira valorizamos a atuação de cada participante”, afirma o gerente.

José Sinfrônio de Souza, inspetor de Manutenção Mecânica, atuou como guardião na segunda turma, em 2013. Para ele, o revezamento permite que o grupo inteiro possa contribuir com a segurança. “Vejo o projeto como um reforço importante, pois amplia nossa visão e nos estimula ainda mais a pensar em melhorias”, observa.

 

Números dos Guardiões

  • Mais de 300 auditorias e 260 reuniões relâmpagos;
  • Mais de 100 notificações realizadas, 60 melhorias apontadas e 50 quase acidentes analisados.
Compartilhar: