Revista Espaço

Um empurrãozinho bem-vindo

Edital de Projetos da Fundação ajuda entidades da região a melhorarem o atendimento

28

Mais espaço e qualificação: alunos da APAE em oficina de marcenaria

Quem visita a oficina de marcenaria da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Coronel Fabriciano, no Vale do Aço, não imagina a situação da sede anterior, utilizada até abril de 2014. A sala apertada e o maquinário antigo e pouco ergonômico deram lugar a dois grandes galpões bem iluminados e ventilados, máquinas novas e equipamentos de proteção individual (EPI). Além do conforto e da segurança, a nova estrutura permitiu ampliar o atendimento.Hoje, há 21 alunos na oficina da instituição – mais que o dobro da antiga sede.27

A mudança começou quando a APAE se inscreveu no Edital de Projetos da Fundação Aperam Acesita 2013, com o objetivo de aumentar a renda proveniente dos serviços prestados pela oficina. “Tínhamos uma demanda reprimida, muitos pedidos para peças artesanais com material reciclado, mas a oficina não comportava toda a produção”, lembra a assistente social Cristiane Gonçalves.

Após conquistar os R$ 10 mil ofertados pelo edital, a associação se deparou com outro desafio. O recurso deveria ser gasto apenas com a aquisição de máquinas, conforme projeto, e a oficina não tinha espaço para receber os equipamentos. Com recursos próprios, a entidade iniciou a construção de uma nova oficina e conseguiu verba complementar junto a outros parceiros. “A vitória no edital da Fundação impulsionou a entidade.Nos esforçamos para adequar o local, garantir melhores condições aos alunos e a ampliação da renda”, conta.

A oficina dobrou o faturamento e dispõe de dois marceneiros que coordenam duas turmas. As expectativas de negócios continuam em alta com as doações de madeira feitas pela prefeitura.

Para o Edital de Projetos 2014, a associação pleiteia investimentos para adequações na creche, que recebe diariamente 20 crianças. “Começamos a despertar para possibilidades como essas há poucos anos. Temos condições de evoluir e apresentar propostas cada vez melhores”, conclui.

Além da APAE de Coronel Fabriciano, o Edital 2013 contemplou quatro entidades no Vale do Aço e sete no  Vale do Jequitinhonha. Juntas, as propostas arrecadaram R$ 120 mil e beneficiaram quase 900 pessoas.

 

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.