Revista Espaço

Sem desperdício, futuro garantido

Ações simples colaboram para reduzir perdas de alimentos

De acordo com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), um terço da comida produzida no mundo vai parar nas lixeiras dos agricultores, transportadores, vendedores e consumidores. A cada ano, o mundo desperdiça 1,3 bilhão de toneladas de alimentos, entre a produção e o consumo. A água, a terra e outros recursos naturais usados para produzir esses alimentos também padecem do mesmo desperdício. Sem falar nos gases de efeito estufa, gerados ao produzir, processar e cozinhar esses alimentos, liberados na atmosfera.

Muita gente pensa que a comida desperdiçada é uma substância inofensiva, ao imaginar que se trata de um produto orgânico retornando à natureza. Mas para que a compostagem aconteça de maneira apropriada, são necessários luz e ar. Nos lixões, não há nada disso e quando a comida despejada não encontra condições apropriadas para a compostagem, ela produz gás metano, que contribui para o aquecimento global. Siga as orientações ao lado para reduzir a conta de supermercado e os danos ambientais!

Consumo consciente

Nos restaurantes da Aperam, uma série de campanhas realizadas nos últimos anos já rende resultados concretos quanto ao desperdício de alimentos. “Agora, os empregados já colocam na bandeja apenas o que vão conseguir comer e a nossa produção é controlada para não haver sobras”, explica Girlândia Alves, nutricionista da Aperam. Hoje, o desperdício médio por empregado no restaurante é de 10 gramas/dia, enquanto a média do mercado varia de 20 a 30 gramas.

» Faça compras de maneira inteligente: planeje suas refeições, faça listas de compras e evite comprar por impulso.

» Zere a geladeira: coma alimentos que já estão na geladeira antes de comprar mais ou preparar algo novo, o que também vai economizar tempo e dinheiro. Siga as recomendações para armazenamento para manter a melhor qualidade desses alimentos.

» Use o congelador: alimentos congelados duram muito mais tempo. Congele produtos frescos e sobras de refeições se você sabe que não vai consumir imediatamente.

» Peça porções menores: frequentemente, restaurantes oferecem meias-porções por preços menores.

» Faça compostagem: você pode reduzir o impacto sobre o clima fazendo a compostagem de restos de comida. Compostagem também recicla nutrientes, que são aproveitados pela terra.

» Aprecie as sobras das refeições: o bife de frango que sobrou do jantar de hoje pode ser aproveitado no sanduíche de amanhã. Seja criativo! No restaurante, leve as sobras para casa para poder comer mais tarde. Congele as sobras se você não quiser comer imediatamente. Poucos de nós levamos as sobras dos restaurantes para casa. Não tenha vergonha de pedir.

» Faça doações: alimentos não-perecíveis e alimentos perecíveis que ainda apresentam boas condições de consumo podem ser doados para refeitórios locais, por exemplo. Programas locais e nacionais frequentemente vão até a sua casa para buscar o produto e até oferecem recipientes reutilizáveis aos doadores.

Compartilhar: