Revista Espaço

Três gerações em sintonia

Avô, pai e filho constroem história de dedicação ao trabalho

Quando o capixaba Adeucy Siqueira deixou o interior do Espírito Santo, em 1961, com a esposa e os três irmãos para desembarcar em Timóteo (MG) tinha dois objetivos: iniciar a carreira na então Acesita e oferecer melhores condições de vida à família. A dedicação ao trabalho rendeu a ele muito mais que isso: uma história de 26 anos na empresa e a certeza de que é um grande exemplo para a família. Leones Siqueira e Leones Siqueira Júnior, filho e neto de Adeucy Siqueira, seguiram os passos do patriarca e também ingressaram na Empresa.

17

Adeucy, Leones Siqueira e Leones Júnior

A família de Adeucy Siqueira cresceu próxima à Usina. Leones tornou-se rapaz acalentando o sonho de repetir a trajetória profissional do pai. Ingressou na empresa como auxiliar aos 19 anos, em 1987. Em 2014, já como supervisor da Gerência de Acabamento dos Aços Elétricos, ele superou a marca do pai e completou 27 anos na Aperam, sempre atuando na mesma área. Nessas quase três décadas, viveu diversos desafios, um deles, a privatização. “A mudança foi marcante, passamos por capacitações e aprendi a importância de sermos competitivos e de melhorarmos sempre o desempenho”, lembra.

Satisfação de um, orgulho de dois

Pai e avô não escondem a felicidade de ver Leones Siqueira Júnior, operador na Gerência de Alto Forno, iniciar a vida profissional da mesma forma que eles. Um dia, quando Leones Júnior ainda era pequeno, vestiu o uniforme do pai e disse que queria trabalhar na Aperam. “Ele repetiu o mesmo gesto que fiz com meu pai”, conta o supervisor.

O jovem de 18 anos faz curso técnico e planeja estudar Engenharia Elétrica. O passado e o presente da família são sua inspiração para o futuro. “Tenho meu pai e meu avô como referência. Quero crescer na empresa como eles”, revela o operador. No dia a dia, o papo entre pai e filho é recheado de conselhos ligados à carreira. Os dois trabalham no mesmo turno, mas em áreas diferentes. “Meu pai sempre me dá orientações e aponta qual a melhor maneira de agir. Ele conhece bem a Empresa”, finaliza.

“Um pai deve servir de exemplo. Os meus filhos me inspiram a adotar sempre a conduta mais correta. Ver o Leones Júnior seguir a minha trajetória e a do avô é muito especial”, destaca o supervisor Leones Siqueira.

Compartilhar: