Revista Espaço

Time unido pela saúde

Campanhas estimulam a adoção de bons hábitos, como a prática regular de exercícios

11

Grupo da LTQ aposta em ciclismo como atividade física

Dados da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), indicam que o País possui 18 milhões de pessoas obesas. Outra estatística relevante da Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que 2,8 milhões de adultos morrem anualmente por males relacionados à obesidade(A obesidade é fator de risco para uma série de doenças, como hipertensão, problemas cardiovasculares, diabetes tipo 2, entre outras.). Enquanto governos criam planos para reduzir esses números, médicos e a mídia reforçam a necessidade de adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e atividades físicas regulares.

Essa proposta de atuar na prevenção conquistou os empregados da Gerência de Laminação a Quente (LTQ). Além das metas de segurança ou produção, eles estão encarando outro desafio: cuidar da saúde. A iniciativa de mobilizar a equipe em torno da mudança de hábitos deu origem à campanha “LTQ + Feliz”. “Temos um grupo forte, que se motiva com novos estímulos. Apresentamos a ideia e a adesão foi natural”, explica Luiz Otávio Torres Procópio, gerente Executivo do Circuito a Quente.

Além de ser um dos idealizadores, Luiz Otávio se tornou um exemplo. Ele perdeu peso após adequar a alimentação e inserir a caminhada na rotina. “O ganho não está só na redução do peso: meu colesterol e outros indicadores melhoraram”, conta.

A campanha iniciada em março reuniu cerca de 250 empregados em palestras sobre saúde e prevenção com especialistas em nutrição, educação física e medicina. Cada participante da LTQ passou por uma avaliação física para medir o IMC(O índice de massa corporal (IMC) consiste em uma medida internacional utilizada para calcular se uma pessoa está no peso ideal. Obtém-se o dado dividindo o peso do indivíduo por sua altura ao quadrado. Se o resultado for maior do que 25 há indicação de sobrepeso.) e percentual de gordura. Folders com informações das palestras e uma planilha para acompanhamento mensal do peso foram distribuídos. Paralelamente, eles organizam atividades em grupo para estimular a prática de atividades físicas, como torneio de futebol, grupos de caminhada e de ciclismo. “Queríamos que essa corrente extrapolasse o ambiente de trabalho, pois estamos tratando de uma mudança no estilo de vida. Temos casos de parentes que também aderiram”, comenta o gerente.

Em julho, a campanha envolveu os familiares dos empregados em palestras sobre alimentação saudável. Os participantes receberam um livro de receitas saudáveis e uma luva térmica (com a logo da campanha) para incentivar o consumo de alimentos assados ao invés dos fritos. “Não queremos que todos percam peso por quatro meses e larguem a ideia depois. A meta é promover a saúde de maneira contínua e que as pessoas continuem nos propósitos que assumiram para suas vidas”, ressalta José Geraldo de Castro, assistente técnico.

Projeto será ampliado

12

Empregados da LTQ organizam partidas de futebol para fugir do sedentarismo

Enquanto a campanha “LTQ + Feliz” era criada, a área de Saúde Ocupacional da Aperam já preparava uma iniciativa similar, o Viver Bem. Evonei Melquídes Xavier Pereira, médico coordenador, conta que o pedido de apoio da área de LTQ para desenvolver a proposta chegou na hora certa. “A ideia é muito boa e nós já desenhávamos uma ação parecida, que será ampliada para toda a Empresa nos próximos meses”, comenta.

A área de Saúde Ocupacional oferece suporte para questões técnicas, como a planilha de acompanhamento do IMC, na qual o empregado preenche os dados da avaliação física e monitora os resultados. “A proposta não é criar atletas, mas eliminar o sedentarismo. Sugerimos 150 minutos de atividade por semana”, orienta.

Prevenção em alta

A ideia está sendo ampliada naturalmente, graças à sinergia entre as áreas. A tabelinha que mostra a relação entre alimentação balanceada e exercícios regulares também começa a conquistar a Gerência Executiva da Laminação e Metalurgia de Aços Elétricos, que inicia em agosto a sua mobilização focada na saúde preventiva. A sugestão surgiu no primeiro semestre, durante a campanha de Saúde e Segurança “PLE 2014” e se fortaleceu após os desdobramentos na LTQ. Os empregados identificaram a oportunidade de promover a prevenção não só dentro do trabalho, mas fora. “Os colegas sempre brincam ao comparar as fotos dos crachás e observar que alguns ganharam peso. Isso é preocupante”, afirma Maria de Souza, operadora.

Uma palestra com educador físico sobre exercícios regulares será o ponto de partida. Depois, os 340 empregados próprios e terceiros que atuam na área participam de avaliação do IMC e ganham uma ficha para fazer o acompanhamento dos índices de massa corporal. Em dezembro, todos passarão por novas avaliações. “Queremos estimular a melhoria da qualidade de vida, alertar os colegas para uma mudança de hábito com a inclusão de atividades e alimentação balanceada na rotina”, destaca Paulo Dias, gerente do Acabamento de Aços Elétricos.

Grupos de empregados irão incentivar o agendamento de caminhadas e práticas esportivas com familiares. No decorrer do semestre, outras palestras serão programadas, e após os resultados de dezembro, a campanha pode ser estendida para 2015.

Compartilhar: