Revista Espaço

Parceiras na prevenção

Integração entre transportadoras e Aperam South America contribui para a segurança

13

Interação com transportadoras aumentou

A Gerência de Logística de Transporte da Aperam South America, em parceria com 15 transportadoras que prestam serviços para a Empresa, dedica parte da rotina de trabalho para debater problemas relacionados à segurança no transporte das cargas. Semanalmente, o grupo se encontra e discute as melhores formas de evitar ocorrências. Essa estratégia, implantada há um ano, já traz bons resultados. Estima-se uma redução de 60% das ocorrências em 2014 comparadas às de 2013.

Os encontros enfocam as causas de cada registro dentro da empresa e nas estradas. O supervisor da Gerência de Logística de Transporte, Dilson Melo, relata o resultado desse alinhamento. “Com esse processo, criamos um plano de ação, que permite agilidade na correção dos problemas”, afirma.

Para o coordenador de Transporte da Aperam, Magno Frade, outra definição importante levantada nas reuniões foi a aplicação de conceitos já usados na Usina, que ajudam na avaliação dos registros. “Estamos implantando, na Gestão da Logística Externa, a tratativa de quase acidente ou acidente com carga, similar às ocorrências no interior da usina’’, afirma.

A iniciativa foi aprovada também pelos prestadores de serviço da Aperam. Ivanei Moraes, coordenador de logística da Transpedrosa, participa dos encontros e vê a troca de informações como uma boa estratégia. “O canal nos permite compartilhar os motivos de cada ocorrência entre as transportadoras e, assim, prevenir que outras aconteçam”, analisa.

Motoristas

Além da reunião e do rigor na contratação das transportadoras, a Aperam oferece, anualmente, uma capacitação para os motoristas. No treinamento, atualizado a cada ano, os motoristas recebem informações sobre situações que podem ser encontradas nas estradas do Brasil. Assuntos como comportamento seguro nas estradas, combate à exploração sexual, trabalho infantil e uso de substâncias ilícitas são tratados em módulos específicos.

A saúde e o bem-estar desses profissionais também são abordados durante a capacitação. Nesse módulo, os motoristas recebem informações sobre a importância dos exames médicos periódicos, fazem a aferição da pressão arterial e, ainda, recebem dicas de alimentação.

Em 2014, o curso oferece orientações relativas à Lei 12.619, de 2012, que regulamenta o tempo de descanso e de trabalho de cada condutor. Cerca de 2.500 profissionais serão capacitados este ano.

Compartilhar: