Revista Espaço

Demanda que só cresce

Aços da Aperam têm espaço na geração, transformação e transmissão de energia, seja eólica ou hidrelétrica

3

Local na cidade chinesa de Hongping, provincia de Jiangxi, onde será construída a hidrelétrica

Mais de 300 toneladas do aço elétrico M230-50 da Aperam South America percorreram cerca de 17.500 quilômetros em direção à cidade chinesa de Hongping na província de Jiangxi. Outras 400 toneladas fazem o mesmo trajeto em fevereiro e mais 300 em abril ou maio. O material será utilizado pela empresa Voith Hydro Shanghai para a construção de quatro hidrogeradores com capacidade de 300 Megawatts cada.

Uma estatal da China fará a aquisição dos hidrogeradores que serão empregados na Hidrelétrica HongPing, com previsão de conclusão em 2015 e capacidade instalada de 2.400 Megawatts. Profissionais da Voith realizaram uma inspeção na Usina em Timóteo (MG) no acompanhamento das etapas de produção do aço elétrico adquirido.

“Para fornecer para a Voith, uma empresa deve produzir materiais que consigam cumprir uma série de requisitos. Quando esses itens são atendidos, o fornecedor é homologado. Os aços elétricos da Aperam alcançaram esse estágio, o que favorece a participação em outros projetos”, comenta Luiz Cláudio Pinto, analista de Negócios da Aperam South America. A Voith já foi acionada para produzir equipamentos destinados ao Complexo Hidroelétrico de Três Gargantas, considerado o maior o mundo.

Foco nas oportunidades

4

Os aços elétricos são utilizados na geração, transformação e distribuição de energia

Se faz calor, ar-condicionado. No frio, aquecedor. Para conservar alimentos, geladeira e, na hora de prepará-los é preciso recorrer ao forno ou fogão. Em situações simples do cotidiano torna-se inevitável recorrer a aparelhos que funcionem a base de energia. Na indústria e transportes então, nem se fala. Com o aumento da população e de recursos tecnológicos a demanda só cresce e, com ela, as possibilidades de aplicação de produtos como os aços elétricos.

“A matriz energética brasileira aparece como uma das mais limpas do mundo. Mais de 70% da geração vem de fontes renováveis como a hidrelétrica e, em especial a eólica, perfil que se manterá para os próximos anos. Nesse contexto, precisamos estar aptos a oferecer as melhores soluções para cada caso”, comenta o analista de Mercado da Aperam South America, Bruno Perroni.

Os leilões do Governo Federal para empreendimentos de geração de energia, voltados para suprir as demandas do Brasil nos próximos anos, são um indicativo do aumento de oportunidades. Para isso, a Aperam mantém em seu portfólio aços elétricos de grão orientado e não orientado desde a década de 1970. Eles são aplicáveis a componentes envolvidos na geração, transformação e distribuição de energia, além de diversos equipamentos elétricos utilizados por todos.

Planos para expansão

O último leilão de energia do Governo Federal, realizado em dezembro de 2013, contratou 3.507 megawatts (MW), por meio de 119 empreendimentos, a maioria de parques eólicos e centrais hidrelétricas. De acordo com o Ministério das Minas e Energia, em outubro de 2013 a capacidade de geração do sistema elétrico brasileiro chegou a 125.028 (MW), valor obtido pelas fontes hidráulica, térmica (gás, carvão, petróleo, nuclear e biomassa), eólica e solar. A maior responsável por esse resultado é a hidráulica com 83.437 (MW), gerada pelas mais de 500 centrais hidrelétricas no país. Ela também se destaca quando se trata de investimentos para expansão.

Previsão da expansão de geração de energia elétrica em Megawatt (MW):

6

Outro sinal dos investimentos diz respeito à expansão das linhas de transmissão, prevista para 2014. Até o momento, elas correspondem a 116.044 quilômetros, mas até o final do ano o número deve chegar a 128.302 quilômetros. Para realizar o transporte da energia dos locais de geração até a utilização são empregados transformadores em diferentes momentos desse percurso.

Quando a energia elétrica sai dos locais onde foi gerada faz-se necessário promover um aumento de tensão para que o transporte ocorra por meio de fios com diâmetro menor e a perda de energia seja reduzida. No entanto, a alta tensão pode oferecer riscos às pessoas que estão próximas. Por isso, ao longo do caminho são instalados transformadores para diminuir essa tensão e distribuir a energia de forma segura às residências, por exemplo. No caso desses equipamentos, são empregados os aços elétricos de grão orientado.

“A Aperam desenvolveu aços elétricos com permeabilidade magnética mais alta em relação aos concorrentes. Quanto mais alta essa permeabilidade em um aço, menos corrente elétrica se torna necessária para magnetizar o material. Isso pode significar, por exemplo, o uso de menos fios de cobre em um motor elétrico e, assim, gerar economia para o fabricante do equipamento”, aponta o assistente técnico de aços elétricos, Rubens Takanohashi.

Ranking dos principais consumidores de energia no Brasil:

  1. Indústria
  2. Residencial
  3. Comércio
  4. Rural

Dos rios até a sua casa

5

Confira como os aços elétricos da Aperam estão presentes na geração, transmissão e transformação de energia vinda das hidrelétricas.

  1. A barragem promove a interrupção do rio, o que garante o acúmulo de grande quantidade de água no reservatório. Ela também promove o desnível essencial para a geração de energia por meio da água.
  2. Os dutos conduzem a água até a casa de força.
  3. Na casa de força, a água movimenta as turbinas que vão girando e gerando energia cinética, aquela produzida a partir do movimento.
  4. Nos hidrogeradores, a energia cinética é transformada em energia elétrica. Nessa etapa, o aço elétrico de grão não orientado da Aperam está presente nos estatores. Esses componentes conduzem o fluxo magnético para promover essa transformação de energia.
  5. Após passar pelas turbinas, a água segue o fluxo do rio.
  6. Ao longo do caminho percorrido pela energia, são colocados transformadores para garantir maior segurança e regular a tensão que vai sendo reduzida até chegar ao consumidor. Nesses equipamentos, os aços elétricos de grão orientado da Aperam estão presentes.

 

Compartilhar: