Revista Espaço

Para encantar olhos e ouvidos

Novidades no Natal da Fundação Aperam Acesita incluem festa de inauguração das luzes e canções inéditas39

400

No coral, Silas se diverte e pode soltar a voz

Com direito a Papai Noel, duendes, apresentação do grupo de seresta Grãos de Sonhos e festa para inaugurar as luzes da decoração, a Fundação Aperam Acesita iniciou sua programação para celebrar a chegada do Natal. No primeiro dia de dezembro, a comunidade de Timóteo foi convidada pelo “Bom velhinho” a prestigiar o evento. Esse personagem tradicional percorreu a cidade em carro aberto, acendeu a nova iluminação e ainda tirou foto com as crianças.

“Nos últimos anos, quando acendíamos as luzes, as pessoas viam de longe que estava tudo pronto e se aproximavam. Desta vez, pensamos em convidar toda a comunidade para celebrar conosco o resultado do trabalho de decoração, o que também é um bom motivo para reunir as pessoas”, assinala o presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Araujo Vitorino. As novas atrações, em 2013, não pararam por aí. O coral também incorporou ao repertório outras canções e esteve acompanhado do pianista João Willian Castro, e do flautista e saxofonista Aliélison Rocha.

O que já não é mais novidade é a participação do estudante Silas Carvalho, de 12 anos, entre os coralistas. Há sete anos, ele soube de um teste para fazer parte do grupo e não pensa em sair tão cedo. Os ensaios, duas vezes na semana, divertem o garoto enquanto ele conhece mais sobre música. Também alimentam sua expectativa até as apresentações. “Eu gosto de cantar. No coral, aprendi muitas coisas e continuo aprendendo. Acho super legais as canções clássicas do Natal”, conta.

41

João Bosco acredita que a iluminação valoriza a cidade

As atrações também encantam olhos e ouvidos do aposentado João Bosco de Miranda. Morador da cidade de Ipatinga (MG), ele não perde a oportunidade de visitar o local, especialmente no fim de ano. “Aprecio o cuidado que eles têm em preparar tudo. Isso valoriza muito o ambiente. É importante para reforçar o clima de reflexão, paz e esperança que vivemos com a proximidade do Natal”, aponta.

Compartilhar: