Revista Espaço

Resistente ao tempo

Maior representação de São Miguel Arcanjo do mundo, feita com inox, completa um ano como principal atração em cidade do Paraná

2

A estátua foi construída com 14,8 toneladas de inox

Quem passa pela BR-369, às margens do município de Bandeirantes (PR), certamente, consegue avistar a estátua de São Miguel Arcanjo, confeccionada em inox. Considerada a maior obra sacra do anjo no mundo, foi produzida pelo caldeireiro Cléber dos Santos com inox da Aperam South America, fornecido pela distribuidora Losinox. A escolha pelo material se deve à alta resistência. “O aço inoxidável pode ficar exposto ao tempo, enfrentando sol, chuva, frio e calor, ao contrário de outros materiais, que apodrecem ou enferrujam”, diz Cléber.

Feliz com sua criação, o caldeireiro conta que a aceitação dos moradores diante da opção pelo inox é grande. “Trata-se de uma peça muito marcante pelo brilho intenso, diferente de outros materiais que estamos acostumados a ver em trabalhos do tipo”, explica.

A ideia de construir a estátua, com 20 metros de altura e 15 de largura, partiu do padre Roberto Morais, reitor do santuário, local que abriga a representação do Arcanjo. “Quis fazer uma imagem proporcional à fé dos devotos. Ele é nosso guerreiro protetor”, conta o padre. Na obra, foram gastas 14,8 toneladas de inox 304.

Material de destaque

Enquanto construía a estátua, inaugurada em 29 de setembro de 2012, dia oficial do anjo, o caldeireiro não seguiu um projeto específico, o que permitiu que a imagem surgisse de forma espontânea. “A parte mais difícil foi a montagem, pois há muitos detalhes, como os fios dos cabelos, olhos, além da expressão do rosto”, diz.

Anteriormente, Cléber havia produzido outra peça do mesmo anjo, em proporções menores, mas com o mesmo material. Nesses casos, apesar de inovar com o uso do inox, alguns aspectos da imagem são bastante fiéis aos de outras referentes ao santo: vestes militares, armadura, espada, escudo, sandálias e asas abertas.

A estátua em inox ajudou a movimentar mais a região. De acordo com Cléber, o aumento na circulação de pessoas motivou a construção de novos hotéis na cidade, com pouco mais de 32 mil habitantes. E a tendência é de mais crescimento, já que existe um novo projeto previsto. “Se tudo der certo, farei uma imagem de Nossa Senhora do Apocalipse, também de aço inoxidável, porém, pintada, diferente da estátua de São Miguel Arcanjo”, acrescenta.3

Compartilhar: