Revista Espaço

Parceria que dá liga

Programa reúne clientes e especialistas da Aperam South America para melhorar, ainda mais, a qualidade dos produtos e o atendimento1

Ferro, carbono e cromo combinados com outros elementos químicos. Esse resumo mostra a receita simplificada que dá origem ao aço, liga metálica sinônimo de resistência, só alcançada pela junção das características de seus componentes. Por isso, a palavra “liga” também lembra união, aliança e parceria. Em busca de resultados que se aproximem, ainda mais, da força que tem o aço, a Aperam criou o Programa Liga, voltado para a participação da Empresa no mercado.

“A iniciativa se apresenta como fundamental para a melhoria dos produtos. Além de considerar o nosso conhecimento do mercado e da aplicação do material, fomos até os clientes e ouvimos, diretamente deles, quais as diretrizes para os próximos anos”, conta o engenheiro de Aplicação da Aperam South America, Caio Pisano.

O ponto de partida do Programa Liga se dá a partir da reunião dos conhecimentos de profissionais da Engenharia de Aplicação e Desenvolvimento de Mercado, Comercial e do Centro de Pesquisas que escutam clientes de diferentes segmentos para entender as mudanças e os rumos do mercado e aprimorar o portfólio da Empresa. Para isso, os principais clientes de cada setor são convidados para um encontro a partir do qual tem origem um dossiê técnico, com as informações levantadas e as melhorias propostas.

Primeiros resultados

Tenneco, Faurecia e Tuper, fornecedoras de equipamentos automotivos, além das montadoras Volkswagen, Mercedes Benz Brasil e Ford, foram os clientes convidados para o primeiro encontro promovido pelo Programa Liga, este ano. Os resultados da conversa contribuíram para a maior aproximação entre Empresa e clientes. O engenheiro de Produtos da Faurecia, João Gabrioli, conta que já havia participado de eventos similares com outros fornecedores, mas não com o detalhamento promovido pelo Programa Liga. Um dos destaques, a conversa sobre sistemas de escapamentos, enfocou a redução das espessuras dos materiais e, consequentemente, a redução de peso. “Dou os parabéns à Aperam pela iniciativa. Sempre que tiverem alguma novidade com relação a novos materiais e/ou processos que os mesmos sejam divulgados à Faurecia. Assim trabalharemos com os materiais que melhor atenderão às necessidades dos clientes, tanto os da Aperam quanto os da Faurecia”, pontua João.

O portfólio da Aperam foi considerado apropriado para atender às necessidades futuras do mercado automotivo. “Na ocasião, enxergamos outras demandas para aumentar a satisfação dos clientes. Como exemplo, podemos citar a realização de um treinamento sobre estampagem, em nosso Centro de Serviços de Campinas, para facilitar o entendimento e utilização do nosso material pelos clientes do segmento”, conta Caio Pisano. Nos próximos meses, os encontros envolverão os setores de Linha Branca, Óleo e Gás e Bens de Capital.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.