Revista Espaço

Formação desde cedo

Programa Aprendiz de Ofício da Aperam é fortalecido com a parceria junto ao Senai

2

Karolina Lana ingressou na Aperam por meio do programa Aprendiz de Ofício e, há um ano, é supervisora na Manutenção

De aprendiz a supervisora. A trajetória profissional de Karolina Lana na Aperam é marcada, segundo ela, pelo crescimento. Tudo começou na adolescência, quando a influência do pai, ex-empregado da Aperam, motivou o interesse em fazer parte da Empresa. Um dos caminhos para alcançar o objetivo era o curso de Aprendiz de Oficio. “Aprendi mais do que imaginava. A gente via a teoria, a prática, e o melhor de tudo: o estágio na Empresa amplia os horizontes, onde descobri novas possibilidades para encontrar o meu caminho na profissão”, avalia Karolina.

Concluído o curso, conseguiu uma vaga na Aperam. As oportunidades trouxeram conhecimentos relacionados à estatística, suprimentos e outras áreas. Foi questão de tempo para se encontrar profissionalmente na Manutenção, onde é supervisora desde o final de 2012. “Aqui, vi como acontece todo o processo. Fui bem recebida pelos colegas e posso projetar o que desejo para minha carreira. Em 2014, termino meu curso superior em Administração, com o pensamento de atuar como gestora”, planeja.

Karolina é um dos 5.500 profissionais que se formaram no Programa Aprendiz de Ofício da Aperam. Para cumprir a legislação, a Empresa mantém em sua força de trabalho entre 5% e 15% de aprendizes. Além de atender essa exigência, a Aperam promove uma preparação para o mercado de trabalho, contribuindo com a construção de valores para vida pessoal e profissional desses jovens. “Essa é uma importante porta de entrada dos futuros empregados na Aperam. O conceito de formação profissional, hoje, vai muito além de preparar pessoas para lidarem com máquinas e equipamentos. Formação profissional significa investir não somente em informação, mas, principalmente, no conhecimento que torna o homem capaz de criar, aperfeiçoar e transformar a realidade”, aponta Ilder Camargo, diretor de Recursos Humanos da Aperam South America.

O processo de seleção para as 20 vagas do novo curso de Operação em Processos Siderúrgicos está em andamento e a formação iniciará em julho.


Parceria de qualidade

1

Thiago Talles de Oliveira está na primeira turma em que a formação é feita em parceria da Aperam com a Fundação Aperam Acesita e o Senai

Assim como Karolina, o aprendiz de Mecânica Geral, Thiago Talles de Oliveira também iniciou sua vida profissional por meio do Programa de Aprendiz de Ofício da Aperam. Ele é um dos 73 aprendizes que entraram no o curso em 2012 e, após as aulas teóricas e práticas, se dedica aos seis meses de estágio na Manutenção Mecânica da Aciaria. “Gosto muito dessa área porque tenho contato com diversos tipos de máquinas. Os empregados que me acompanham também parecem gostar da profissão. Esse é mais um estímulo para querer ficar aqui e buscar uma faculdade”, planeja.

Thiago faz parte da primeira turma em que a formação está sendo realizada em parceria da Aperam com a Fundação Aperam Acesita e o Senai – uma instituição reconhecida no segmento. Para o ano de 2013, a parceria com o Senai será fortalecida, o que representa a oportunidade de um futuro com maior variedade de cursos oferecidos para a comunidade. Com isso, as aulas teóricas passarão a ser oferecidas nas unidades do Senai em Timóteo, e no Centro de Formação da Empresa, já na turma que inicia as aulas em julho. “Esse espaço continuará cumprindo o seu papel ao promover atividades como treinamentos técnico-operacionais de acordo com as necessidades da Aperam e também contribuindo com a comunidade por meio da qualificação profissional. Sempre com foco na qualidade”, afirma Venilson Vitorino, Presidente da Fundação Aperam Acesita.

Compartilhar: