Revista Espaço

Capacitação para a arte

Parceria com o Sebrae colabora para difundir conceitos de gestão entre artistas de Timóteo e região

“A cultura é um motor importante para o desenvolvimento social. Atividades culturais geram emprego, renda, inclusão social, além de valorizar a identidade local.” Essa é a visão da historiadora e coordenadora de projetos históricos e culturais da empresa de consultoria Imperial História, Ana Paula Araújo Carvalho. Ela é uma das participantes das ações promovidas pela Fundação Aperam Acesita, em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), ao longo de 2012. No primeiro ano de atividades, mais de 200 produtores culturais e artistas da região participaram de cursos e oficinas.

A troca de experiências com outros profissionais ligados à arte e com a equipe do Sebrae é positiva na visão de Ana Paula. “Conhecemos pessoas com objetivos comuns, discutimos a cultura na nossa região e, principalmente, propusemos algumas soluções para os entraves existentes” comenta Ana Paula.

Para o analista técnico do Sebrae Alessandro Lima Challub, a parceria traz ganhos não só para os profissionais da arte, mas também para Timóteo e Coronel Fabriciano. “Nossa expectativa é dar suporte a esses produtores culturais e ressaltar a importância do trabalho deles. Agindo assim, possibilitamos ganhos justos aos artistas, produtos culturais de melhor qualidade e, ainda, o desenvolvimento do setor na região”, destaca.

A parceria continua em 2013 e a expectativa é de crescimento, como destaca a coordenadora de Projetos da Fundação Aperam Acesita, Marilene de Lucca Siqueira. “Vamos dar continuidade ao bom trabalho que vem sendo feito com o apoio do Sebrae, possibilitando que as informações sobre gestão cultural atinjam um público ainda maior”, afirma.


Ritmo empreendedor

No segundo semestre de 2012, 29 líderes culturais participaram do curso Nosso Negócio é a Música – Gestão e Produção Cultural. Para realização do projeto foram necessárias, segundo Marilene Siqueira, pesquisas sobre todas as formas de manifestações culturais de Timotéo e Coronel Fabriciano. “Mapeamos bandas, grupos de teatros, artesãos e outras ações culturais para, assim, prepararmos um curso de acordo com a necessidade da região”, destaca.

O curso, realizado em parceria entre a Fundação Aperam Acesita e o Sebrae, trabalhou temas como a elaboração de projetos e captação de recursos e perfil e funções do produtor cultural.

Compartilhar: