Revista Espaço

Aprovado com louvor

Projeto Estudar forma quase duas mil pessoas no Ensino Médio, em 14 anos

14

Projeto Estudar é finalizado com sucesso em Timóteo

Aproveitar as oportunidades no momento em que aparecem é um dos princípios que permitiu ao operador de subestação da área de Distribuição de Energia Elétrica, José Fernando Pinto, alcançar boa parte dos seus objetivos pessoais e profissionais. Empregado da Aperam South America desde 1998, Fernando foi convidado, no início dos anos 2000, para participar do Projeto Estudar e concluir o Ensino Médio. A participação de Fernando no Estudar representou a reaproximação com os livros e com a vontade de aprender. Após concluir o Ensino Médio, ingressou na faculdade de Direito, em 2006. Cinco anos depois, concluiu o curso superior e foi aprovado no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Fernando também realizou outro grande desejo: escrever seu primeiro livro. “Sonhos e Poesias” será lançado no primeiro semestre de 2013. Atualmente, o operador é voluntário da Fundação Aperam Acesita. Ele visita escolas, onde compartilha suas experiências, aguçando o espírito empreendedor de crianças e adolescentes para valorizar os estudos.

Exemplo que ensina

Fernando é apenas um dos muitos bons frutos do Projeto Estudar e do projeto Capacitar, nome dado à versão do programa no Vale do Jequitinhonha. Ao longo dos últimos 14 anos, a iniciativa permitiu que outros 1.878 empregados em Timóteo (Vale do Aço), Itamarandiba e Capelinha (Vale do Jequitinhonha) concluíssem o Ensino Médio. Para o gerente executivo de Recursos Humanos, José Anísio Cabral, os reflexos do Estudar vão além do ambiente de trabalho. “O impacto é expressivo. O profissional que tem um nível de estudo mais alto entende melhor, até mesmo, as normas de segurança. Nesse sentido, a equipe ganha. Além disso, a conclusão dos estudos faz com que todos se sintam mais engajados na sociedade, num patamar igualitário”, destaca.

15

João Conrado, aluno do Projeto Estudar, exibe, orgulhoso, o diploma de conclusão do Ensino Médio

A metodologia do programa, destinado a empregados da Aperam e de prestadores de serviço, agrupa os conteúdos em módulos. Assim, os alunos podem concluir cada disciplina de maneira organizada, sem que os horários das aulas atrapalhem as rotinas da família e de trabalho. A formatura da última turma do projeto Estudar, realizada em Timóteo, no mês de dezembro, representa, para a Fundação Aperam Acesita, a sensação de dever cumprido, conforme relata a coordenadora de Projetos, Salete Silva Figueredo. Afinal, a iniciativa possibilitou que 93% dos empregados da Aperam tenham, hoje, o Ensino Médio completo. “O projeto foi além das nossas expectativas. Alcançamos um número grande de participantes e trouxemos a eles a oportunidade de retomar os estudos. Agora, nossa ambição é que eles deem continuidade na busca por conhecimento e sabedoria”, afirma. No Vale do Jequitinhonha, as atividades do projeto Estudar continuarão em 2013.

Novos frutos do projeto

A iniciativa também beneficiou empregados de fornecedores, como a Lomae.Andrelino dos Reis Silva, supervisor de Transportes, destaca a importância do programa. “A partir do Estudar, conseguimos adequar nossos empregados aos requisitos mínimos para suas funções”, afirma. João Conrado dos Reis, faturista de matérias-primas, concluiu o Ensino Médio na última turma do projeto. Durante três anos, correu atrás do tempo perdido e realizou o sonho de se formar. Segundo João, o resultado é um presente para si mesmo e para sua família. “Quando eu era mais jovem,tive que optar pelo trabalho.Hoje, realizei um grande sonho, graças ao apoio dos meus colegas e de toda a minha família. Futuramente, quero ir além e conquistar novos objetivos”, planeja.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.