Revista Espaço

Qualidade e beleza também põem mesa

Reforma ­nos restaurantes garante mais eficácia e transparência ao serviço de alimentação

5

Com a reforma, a cozinha central fi cou visível a todos os empregados

Mais ­bonitos ­e ­completos.­ Assim ­estão as cozinhas e restaurantes da Usina da Aperam­ South­ America,­ em ­Timóteo.­ Após quase um ano e meio de reformas, os espaços ganharam nova estrutura para garantir o melhor atendimento aos empregados.

Nos restaurantes, houve troca dos telhados­ (agora ­feito ­com ­telhas­ inox),­ pisos e janelas, além de readequação do layout­ interno possibilitando ­uma ­melhor movimentação de pessoas. Outra novidade está ­na ­visualização­ da ­cozinha: ­agora,­ enquanto almoçam, os empregados podem ver a produção dos pratos do dia.

“Oferecer sempre a melhor alimentação aos empregados é uma das nossas expectativas. Em parceria com a Sodexo/ Puras, servimos, mensalmente, mais de 100 mil serviços, entre refeições e lanches. Além de equilibrar quantidade e qualidade, buscamos oferecer também diversidade de­ produtos”,­comenta ­Girlândia ­Alves,­ nutricionista da Aperam.

Ela destaca, ainda, que tanto a cozinha quanto os restaurantes estão em conformidade com a Agência Nacional ­de­ Vigilância­ Sanitária­ (Anvisa)­ e com o Programa de Alimentação do Trabalhador­ (PAT).­“ Além­ disso, contam os com cinco nutricionistas, que se revezam durante os turnos e acompanham todos os ­serviços”,­destaca.


Melhor para trabalhar

As reformas também beneficiaram a equipe da Sodexo/Puras. O espaço da cozinha central da Usina foi reestruturado e agora conta com câmaras de refrigeração reformadas e uma nova câmara para hortifrutigranjeiros.

A gerente de unidade da Sodexo/Puras, Irene ­Martins,­destaca, ­entre­ os ganhos,­a maior luminosidade na cozinha. “A reforma possibilitou mais segurança alimentar, reduzindo o risco de contaminação dos produtos. Com um ambiente de trabalho mais claro, por exemplo, conseguimos manusear melhor os alimentos. Além disso, o local está muito mais seguro para nós,­ que ­trabalhamos ­na ­cozinha”,­ afi­rma.

Para­ o­ operador ­da ­Aciaria,­ Ronaldo dos Santos Camilo, um dos pontos positivos da reforma é a possibilidade de observar a cozinha durante o horário de almoço. “Ao acompanhar o preparo dos alimentos, percebemos como a equipe tem grande cuidado com as nossas refeições. Assim, nos sentimos ainda mais seguros ao almoçar nos restaurantes ­da ­Usina”,­ opina.

Compartilhar:
Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on linkedin
Menu

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.