Revista Espaço

Rota instituída

Equipe da Aperam South America conquista troféu Imitação no Challenge 2012 e mostra que a busca pela melhoria contínua é, definitivamente, uma prioridade dentro da Empresa

20

Integrantes do Grupo CCQ Inovar, vencedor da categoria Imitação do Challenge 2012

Pelo quarto ano consecutivo, os empregados da Aperam South America só têm motivos para comemorar o anúncio dos premiados do Challenge, competição mundial que reconhece as melhores práticas implantadas ao longo do ano por empresas do Grupo Aperam.

Mais uma vez, o pronunciamento feito pelo CEO Philippe Darmayan mencionava uma ação da Usina de Timóteo, agora como vencedora da categoria Imitação, com o projeto “Coringa”, do Grupo “Inovar”.

Desenvolvido na gerência executiva de Infraestrutura, a iniciativa consiste na criação de um cadeado padrão para a aplicação do método de consignação por bloqueio físico, que evita o acionamento indevido das máquinas. “Receber esse tipo de reconhecimento é muito gratificante, ainda mais quando a conquista é resultado de muito empenho, dedicação e criatividade da nossa equipe, que sempre se mostrou comprometida e motivada a continuar propondo soluções inovadoras para os processos da Empresa”, afirma o gerente de Manutenção de Utilidades e Transportes, Redeir de Oliveira, um dos integrantes da equipe.

A peça inventada pelo grupo é compatível com qualquer válvula na hora de lacrar o equipamento, reduzindo custos e viabilizando sua aplicação em mais operações. “O nome coringa não é em vão. Além do ganho principal em segurança da Usina, também obtivemos avanços em atendimento, custo, tempo de realização da atividade, organização e clima de trabalho”, relata Redeir.

Conhecimento compartilhado

Além dos ganhos obtidos, o trabalho está perfeitamente alinhado ao objetivo principal do Challenge de promover a troca de experiências, práticas e tecnologias entre as empresas do Grupo. “Ficamos muito satisfeitos de contribuir com a evolução da Empresa, pois, além de ser diretamente focado na segurança do empregado, o trabalho tem um grande potencial de imitação em outras plantas”, destaca o líder do grupo, Geraldo Magela, operador de Utilidades.

Da mesma forma, de acordo com a analista de Melhoria Contínua, Cleonice Alves, a vitória serve de inspiração para os colegas, que já vêm trabalhando com muita dedicação em projetos de desenvolvimento operacional. “A imitação é um atalho na busca da competitividade e o Challenge nos proporciona a oportunidade de conhecer boas práticas e avaliar a implantação das ideias na nossa planta. Por isso, ficamos muito felizes de perceber que cada vez mais as equipes estão motivadas e entusiasmadas para participar do programa e contribuir para o sucesso da Organização”, destaca.

Compartilhar: