Revista Espaço

Fortalecer princípios, estreitar relações

19

“O sucesso da Aperam depende da contribuição individual e coletiva de seus empregados”

Como uma Empresa ágil e inovadora, a Aperam está sempre em busca do desenvolvimento de suas operações, seja na incorporação de novas tecnologias aos seus produtos ou no aperfeiçoamento dos mecanismos de gestão, liderança e relações de trabalho.

Um dos principais instrumentos que orienta esse comportamento é a Pesquisa de Clima. Em 2011, apesar dos índices de favorabilidade recordes registrados, os resultados evidenciaram o desejo dos empregados de conhecer de forma mais clara os critérios seguidos pelo Comitê de Gestão da Empresa para o desenvolvimento das carreiras.

Em entrevista recente à Revista Agile, publicação corporativa do Grupo Aperam, a diretora de Recursos Humanos, Comunicação & Sustentabilidade, e membro do Comitê, Johanna Van Sevenant, apresenta um programa lançado justamente para entender melhor as prioridades de motivação e envolvimento de todos os empregados.

O projeto, denominado Proposta de Criação de Valor para o Empregado (EVP), pretende concretizar os valores da Aperam entre as equipes e fazer com que as pessoas tenham orgulho de fazer parte dos desafios da Empresa.

A seguir os principais trechos da entrevista:

Quais são os objetivos do projeto?

O sucesso da Aperam depende da contribuição individual e coletiva de seus empregados. Nossa ambição é melhorar o processo de operação e as práticas de reconhecimento.

Queremos identificar áreas de mudança para melhorarmos o engajamento de todos os nossos empregados, identificar o que eles consideram importante no ambiente de trabalho e aumentar o seu bem-estar.

A segunda prioridade será nos diferenciarmos das outras organizações, retendo e atraindo os melhores talentos para garantir um grande futuro para a Aperam. E por último, mas não menos importante, como somos uma Empresa jovem, ajudar a transformar em realidade os nossos valores e a nossa nova marca.

O que fará com que a iniciativa seja um sucesso?

O sucesso do EVP depende da nossa capacidade de transformá-lo em realidade. Essa é a razão pela qual o projeto é, antes de tudo, de toda a Empresa e não apenas uma iniciativa da área de Recursos Humanos ou de Comunicação. Não há dúvida de que, embora haja uma resposta e um posicionamento global para alguns aspectos do EVP, é realmente importante que decisões e ações práticas levem em consideração as características locais das organizações.

Além disso, precisamos demonstrar que, sob alguns aspectos, estamos prontos para evoluções, respondendo às mudanças que nossos empregados querem ver. Estou ansiosa para que a Aperam seja um grande exemplo, com um EVP claro e diferenciado e de funcionamento prático e tangível.

Quais são as principais características do EVP da Aperam?

O Comitê de Gestão da Aperam dividiu o programa em cinco categorias, que serão a sua base de desenvolvimento: Trabalho, no sentido de alinhamento dos interesses próprios com a função desempenhada, equilíbrio entre vida profissional e vida  pessoal; Empresa, com aspectos da própria organização, como valores e visão, qualidade de produtos e serviços, reputação, responsabilidade social; Oportunidade, que diz respeito ao desenvolvimento de carreira; Pessoas, com critérios como ambiente de trabalho agradável, relação com colegas e lideranças, gestão de pessoas; e, finalmente, Recompensas, que são remuneração, benefícios e demais reconhecimentos não financeiros.

Qual são os próximos passos do EVP?

Estruturamos o projeto em cinco etapas que serão desenvolvidas até o final de 2012.

Em abril, fizemos uma pesquisa com uma grande amostra de empregados de todas as localidades e categorias para entendermos quais são os fatores mais importantes para a motivação no trabalho.

Estamos analisando os resultados desse levantamento e faremos benchmark com outras empresas, para garantir que selecionamos os atributos corretos nos quais devemos focar e também para compararmos nossas práticas com o mercado.

Em seguida, iremos analisar e definir as diferentes oportunidades de progresso e, finalmente, na última fase, planejada para antes do final do ano, iremos divulgar os resultados, o plano de ação e o plano de implementação. Nossa intenção é informar regularmente sobre o andamento do projeto ao longo do ano.

Compartilhar: