Revista Espaço

Qualidade em pauta

Setores estratégicos da Aperam South America reúnem-se para debater meios de produção

3

Equipes de setores distintos compartilham informações e aprimoram o desenvolvimento de aços elétricos

Mais de 70 empregados das áreas Comercial e Operacional da Aperam South America se reuniram em um workshop para discutir o desenvolvimento de aços elétricos na Empresa. O encontro, já realizado em outros formatos nos anos anteriores, permite conjugar diretrizes de trabalho entre o lado comercial e a linha de produção, visando ampliar a competitividade nesse mercado.

O gerente executivo da Laminação a Frio de Aços Elétricos, Enguelber Stutz, diz ser sempre importante manter a área industrial informada sobre as necessidades e variações do mercado, assim como o setor comercial precisa conhecer a fundo os processos de fabricação. “Cada um deve compreender a dinâmica dos processos dentro de uma visão macro e focar na melhoria dos produtos para atender aos clientes com boa competitividade”, explica.

“A visão da área comercial reflete as necessidades dos clientes e dessa forma fica mais fácil agregar valores aos aços elétricos, com a consequente melhora da qualidade desse material”, completa o gerente executivo de Metalurgia de Aços Elétricos da Aperam South America, Edalmo Souza. Ele ressalta que a reunião das áreas impulsiona a atuação de todos. “Quando nos reunimos e propomos os desafios, as equipes se motivam para alcançar bons resultados”, conta.


A Empresa também promoveu outros dois workshops, com a presença de representantes da Weg, empresa brasileira fabricante de motores elétricos, e da Embraco, do ramo de compressores. Os encontros trataram de temas ligados à cadeia de produção dos motores elétricos e de compressores, além de diversas soluções para o aumento da competitividade dos produtos finais e, consequentemente, dos aços elétricos.

Entre os resultados alcançados durante o evento, está a conclusão de que não era necessário, por exemplo, o uso de embalagens para determinados segmentos. Elas foram consideradas dispensáveis quando o produto tem utilização imediata. “Os resultados dessas iniciativas são muito bons e o melhor é poder ouvir os clientes e saber do que eles irão precisar. Foram encontros produtivos que deram boas orientações para os trabalhos a serem desenvolvidos”, conclui o assistente técnico de aços elétricos da Aperam South America, Rubens Takanohashi.

Compartilhar: