Revista Espaço

Muito além do capacete

Ações de conscientização estimulam empregados motociclistas a adotar comportamento seguro no trânsito

14

Os estacionamentos da Usina de Timóteo confirmam: o número de empregados que preferem ir ao trabalho de moto aumentou. Segundo dados da área de Segurança Patrimonial, a Aperam South America possui, atualmente, quase 1400 motocicletas cadastradas em seu banco, sendo 76% delas de empregados próprios e o restante de prestadores de serviço.

Para conscientizar esses condutores sobre os cuidados necessários no trânsito, a equipe de Saúde e Segurança, em parceria com a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), desenvolveu um guia sobre comportamento seguro na direção de motos. O material, que aborda com clareza assuntos como direção defensiva, equipamentos de proteção e regras de circulação, foi entregue a todos os empregados e usado como tema dos diálogos diários de segurança, durante uma semana.

“Foi a maneira que encontramos de alertar não só os motociclistas, mas também os demais motoristas, sobre o risco de acidentes envolvendo veículos de duas rodas”, afirma a responsável pela Comissão de Eventos da Cipa, Ivana Coelho.

Os resultados desse trabalho já aparecem. No ano passado, foram registrados seis acidentes de trajeto até junho,todos qualificados como CPT(com perda de tempo), enquanto, em 2012, houve apenas uma ocorrência no mesmo período.

Aprendizado contínuo

Além do trabalho de conscientização, a Aperam South America estimula seus empregados a participarem de treinamento oferecido pela concessionária Mavimoto Honda, também focado em segurança. Essa capacitação é necessária para que o motociclista seja autorizado a entrar com sua moto na Usina.

Para o gerente de Segurança e Meio Ambiente, Sebastião Miranda, esse procedimento, aliado às campanhas, ajuda a reduzir o número de acidentes também fora da Empresa. “Os empregados passam a adotar uma postura mais segura no trânsito de forma geral”, avalia.

Motociclista há mais de 12 anos, o assistente técnico Evandro Marques participou do treinamento em 2011 e defende sua importância no exercício contínuo de conscientização dos condutores. “Andar de moto é bom, mas também muito perigoso. Por isso, é preciso ter autocontrole e prudência, manter a concentração e adotar atitudes seguras no trânsito permanentemente”, aconselha.


Confira algumas recomendações para dirigir com segurança sobre duas rodas:

  • Use sempre o capacete e a vestimenta adequada (calçado fechado, calça comprida e jaqueta);
  • Verifique se as lâmpadas (setas, luz de freio,farol) e os retrovisores de sua moto estão devidamente regulados;
  • Mantenha sempre o farol aceso;
  • Se você ainda não possui experiência, evite trafegar em vias muito movimentadas;
  • Respeite a sinalização e evite manobras arriscadas.
Compartilhar: